10 Superstições Relacionadas à Morte Que Muitos Acreditam Até Hoje

10 Superstições Relacionadas à Morte Que Muitos Acreditam Até Hoje

Um dos temas recorrentes nas artes e literatura durante a era vitoriana foi a morte. Por essa razão, numerosas superstições vitorianas relacionadas à morte surgiram, hoje nós trazemos para você 10 delas que muitas pessoas acreditam até hoje!

Morte e superstições:

1. Quando alguém morria, os espelhos da casa eram cobertos com crepe preto ou um véu para evitar que o espírito do falecido fosse preso no espelho.

2. Os relógios eram parados no quarto em que ocorreu a morte, porque pensavam que, se não o fizessem, atrairiam má sorte para a casa.

3. As fotografias que estavam na casa foram colocadas viradas para baixo para evitar que qualquer parente ou amigo que aparecesse nas imagens fosse possuído pelo espírito da pessoa morta.

4. Acreditava que se o falecido tinha sido uma boa pessoa, se em seu túmulo crescer flores, por outro lado, se suas ações foram repreensível, eles seriam apenas ervas daninhas.

5. Se houve várias mortes em uma família, eles amarraram uma fita preta a todos os seres vivos da casa, incluindo cães, galinhas, coelhos, gatos…, para evitar novas mortes.

6. Quando o corpo do falecido era removido da casa, sempre foi feito com “pés na frente”, isto é, os pés foram removidos primeiro, nunca a cabeça. Acreditava-se que se fosse feito de cabeça para baixo, o falecido poderia olhar para a casa, cruzar os olhos com alguém próximo a ele e levar a pessoa com ele.

7. Nada de novo deve ser usado no funeral e especialmente os sapatos devem ser usados.

8. Acreditava-se que era má sorte virar a cabeça em uma procissão fúnebre várias vezes seguidas. Se você não pudesse evitar, a solução seria pegar um botão com força até que a procissão acabasse de passar.

9. Se houvesse trovão no final de um funeral, eles acreditavam que a alma do falecido tinha acabado de chegar ao céu.

10. Se você ouviu um cachorro uivar quando alguém estava doente em uma casa, foi considerado um mau presságio. Para reverter a situação, você precisava pegar um sapato, colocar embaixo da cama e girar devagar.

Como você pode ver, sofrer uma morte na família, além de dor, causou um intenso impulso para evitar atrair a má sorte, que mais mortes ocorreram ou que o espírito do falecido permaneceu na terra. 

Muitas dessas superstições vitorianas não eram exclusivas daquela época ou da Grã-Bretanha, mas na época se espalharam por todos o mundo e em muitos casos se tornaram hábitos que sobreviveram até hoje. 

Quais superstições ou costumes similares são seguidos em sua família? Compartilhe com a gente!

Deixe uma resposta