5 Lições Que Aprendemos No Livro “Como Eu Era Antes de Você”

5 Lições Que Aprendemos No Livro “Como Eu Era Antes de Você”

Este filme é, em poucas palavras, simplesmente envolvente e emocionante.

O relacionamento entre um rico e lindo rapaz que se tornou paraplégico e uma garota inexperiente como sua cuidadora, traz cenas que são pérolas do cinema dramático e romântico.

E como todo filme desta categoria traz fortes emoções, aqui separamos uma lista com o aprendizado que ele pode nos ensinar:

1ª Lição – A primeira impressão não deve ser a que fica

Quando a lindíssima candidata a vaga de cuidadora Louisa Clark se encontra com o então paciente Will Traynor, parece que houve um evidente curto circuito, a tal incompatibilidade de gênios.

O rico banqueiro, agora paraplégico não economizou desagrado ao vê-la ao ponto de fazer com que Louisa queira sair do emprego ao qual estava precisando muito.

Mas, em um certo ponto desta conturbada convivência, eles começam a se abrir um com o outro e são transformados positivamente.

2ª Lição – Não abra mão de se vestir bem mas, confortável

Louisa tem roupas pra lá de estampadas e com cores fortes e vivas.  Algo que fez Will torcer o nariz, em um primeiro momento. Mas, ela é tão segura e bem consigo mesma que suas roupas acabam por encantar as pessoas com quem ela estava convivendo.

Uma prova de que conforto é o que interessa: na entrevista para a vaga, Lou resolveu colocar um traje mais formal e o resultado foi uma saia rasgada!

3ª Lição – Preste atenção na conversa: é um presente para quem fala

Em uma conversa com Will, Louisa comenta que quando era criança gostava muito de uma meia calça com listras pretas e amarelas, lembrando uma abelhinha.

Aí, em pleno aniversário da moça ela ganhou um presente do namorado que não tinha nada a ver com seu gosto pessoal. Mas, seu paciente lhe presenteou com algo muito importante: a tal meia da qual ela comentou.

Parece estranho? Não, isso se chama sensibilidade e atenção.

4ª Lição – Primeiro experimente para depois dizer se gostou ou não

O elegante paciente Will consegue perceber que a rotina de Lou é monótona sem muitas emoções e uma pequena cidade.

Ele a convida para ver um filme francês, no primeiro momento, ela hesita, mas depois se rende aos encantos da experiência e a partir daí, novidade é com ela mesmo.

5ª Lição – Tem escolhas que devemos somente respeitar

Por mais que você até se irrite com a decisão de alguém, achando que o que você acha é melhor, cada um sabe o que é melhor para si. Por mais que todo mundo seja contrário, temos uma individualidade que só cabe a nós como lidar com ela.

A decisão, seja importante ou não, pode ser até opinada por outras mas sempre decidida pela própria pessoa.

Deixe uma resposta