6 Coisas Que São Feitas No Facebook e Mostram Baixa Autoestima

6 Coisas Que São Feitas No Facebook e Mostram Baixa Autoestima

Conheça e evite esses comportamentos para melhorar o uso das redes sociais!

As redes sociais criam muitas ilusões, pois nestes espaços as pessoas tendem a ser bonitas, inteligentes, ricas, felizes, bem viajadas e completamente satisfeitas.

No entanto, as redes sociais também nos revelam alguns medos, frustrações e insegurança das pessoas. Aqui estão 6 coisas que são feitas no Facebook e mostram baixa autoestima.

6 coisas que são feitas no Facebook e mostram baixa autoestima nas pessoas

Existem práticas comuns nas redes sociais que revelam seus próprios conflitos e problemas de insegurança e baixa autoestima. 

Entre elas, destaca-se a necessidade de compartilhar tudo em todos os momentos, pois este comportamento demonstra a necessidade de gerar interesses.

Além disso, a lista é complementada pelos seguintes itens que são feitos no Facebook e mostram baixa autoestima.

1. Excesso de selfies

Frequentemente esses autorretratos revelam uma intenção de “construir” a identidade de alguém. Isso não seria ruim se fosse feito conscientemente e com um objetivo específico.

No entanto, muitas vezes é uma compulsão narcisista que denota insegurança e necessidade de aprovação.

2. Ter muitos “amigos”

A menos que seja uma estratégia comercial, alimentar a coleção de amigos no Facebook sugere a necessidade de ser visto. 

Se a maior parte de seus “amigos” são desconhecidos, que veio através de algum ex-chefe de seu amigo de infância, você deve fazer uma limpeza.

Ter muitos amigos não apenas sugere baixa autoestima, mas também implica em riscos à segurança pessoal.

3. Se vangloriar sobre bens materiais

Entre as coisas que são feitas no Facebook e mostram baixa autoestima, esta é talvez a mais patética.

Além de uma valorização excessiva do material, mostra pouca inteligência, imaturidade e muitas vezes, gosto sombrio.

Mostrar itens de luxo, marcas caras e outros bens materiais é uma confissão involuntária de insegurança e falta de amor-próprio.

4. Mostrar conquistas

As metas alcançadas são uma fonte de orgulho e satisfação, compartilhar conquistas reforça a segurança e a confiança nas próprias habilidades.

No entanto, quando essa atitude saudável se torna autopromoção compulsiva, os problemas de autoestima tornam-se evidentes.

Ninguém que tenha certeza de si mesmo precisa constantemente reafirmar suas conquistas.

5. Apresentar uma vida de fantasia

Para muitos o Facebook é um correlato editado de suas vidas, ou seja, uma versão melhorada que pode ser tão perfeita que é suspeita.

O interesse excessivo em mostrar uma vida perfeita denota um claro problema de autoestima e insegurança. 

6. Esclarecer o estado sentimental

A necessidade de esclarecer o estado sentimental geralmente tem duas causas, típico de adolescentes inseguros, já o segundo é um interesse velado porque terceiros conhecem o esclarecimento.

Em qualquer caso é uma daquelas coisas que são feitas no Facebook e mostram baixa autoestima.

Deixe uma resposta