14 Dicas Para Alcançar a Paz De Espírito Na Vida

14 Dicas Para Alcançar a Paz De Espírito Na Vida

Nós todos sabemos que a vida pode ser difícil, mas a receita de paz e tranquilidade está realmente em nossas mãos.

Veja como obter paz de espírito em sua vida:

1. Não se preocupe com sua autoimagem.

Todos nós temos uma imagem mental de nós mesmos, é a maneira como percebemos o que os outros veem de como somos.

Normalmente essa imagem é sempre ruim porque simplesmente não sabemos o que os outros pensam de nós e, portanto, não vale a pena nos preocupar.

Você é você e você pode gostar dos outros ou não. Se você tiver um defeito, tente melhorar, mas não se preocupe com sua imagem.

2. Pare de tentar se encontrar.

Muitas pessoas dizem: “Preciso de tempo para me encontrar, para descobrir quem eu sou”.

Essa é uma neurose, porque não há nada para encontrar.

Você tem suas habilidades, você pode ser um cozinheiro ou um químico ou um trabalhador de caridade e nada ou ninguém pode tirar isso de você.

3. Comemore que você é único.

Todo ser humano é diferente, único. Ninguém tem o mesmo para carregar coisas como você. Este é um sentimento maravilhoso para desfrutar.

Ao mesmo tempo, temos que entender que os outros também têm uma opinião diferente. Isso significa que nem sempre estamos certos e isso nos torna mais tolerantes.

4. Crie uma atmosfera pacífica em sua vida.

As pessoas podem ser felizes, apesar do fato de que a vida é difícil e desconfortável, mas a maioria de nós precisa de uma atmosfera de paz e tranquilidade.

Um dos pilares importantes é tratar os outros com gentileza e generosidade.

As pessoas em geral são retribuídas com gentileza e assim você pode criar um espaço ao seu redor de calor e tranquilidade.

5. Fique por dentro do que a generosidade realmente é.

Enviar roupas velhas para uma loja de caridade é uma coisa boa que podemos fazer, mas na realidade só fazemos isso para nos livrarmos do lixo. Dê algo que seja útil para você.

6. Viva agora!

Não deixe o que você tem que fazer para amanhã. Nós não sabemos como será o amanhã. O passado é uma memória e por isso não podemos viver lá. O futuro é uma esperança e um sonho que é agradável de contemplar, mas não conte com isso. O agora é tudo que temos.

7. Esteja ciente deste momento em sua vida.

O que está acontecendo? O que você está fazendo? Você está gostando?

Não precisa ser um grande momento como uma cerimônia de formatura ou ganhar um prêmio de loteria.

A vida é principalmente pequenos momentos como lavar pratos, como ir ao trabalho no metrô ou tomar um café com um amigo.

Esteja lá e sinta-se vivo! A vida é preciosa demais para ser desperdiçada.

8. Vá pouco a pouco.

Claro, a vida pode ser rápida e agitada, mas não o tempo todo. Coloque os freios.

Pense e sinta o que você está fazendo. Realmente viva o momento em vez de ter sua mente apressada pensando no seguinte.

9. Seja sociável.

Você não pode alcançar a verdadeira paz e tranquilidade ficando longe de todos. Tudo o que você vai conseguir é o silêncio.

Misture-se com os outros e aprecie sua singularidade. Aceite-os pelo que eles são e use a bondade como uma ferramenta para alcançar a paz e a tranquilidade que é enriquecida pela vida dos outros.

10. Esteja preparado para lidar com mudanças.

Ninguém sabe o que vai acontecer amanhã. A vida é um negócio muito incerto. É assim que a vida é realmente.

Temos que introduzir isso em nossa maneira de pensar, não importa se perdemos o trem, ou se ficamos desapontados por um amigo ou se perdemos um ente querido.

Não é pessoal, não é sua culpa. É apenas azar. Você também pode ter boa sorte!

11. Lembre-se de que ficar com raiva não é uma solução para seus problemas.

Podemos nos deixar levar pelos sentimentos de raiva assim que nos zangamos. Isso é natural, mas a raiva é um vírus que nos envenena. Isso nos faz sentir mal. É um fardo que você não precisa aceitar.

12. Liberte-se.

Estamos ligados a todos os tipos de coisas, nossa família, nossos amigos, nossos ativos, nosso trabalho, nossos investimentos.

A dor surge quando as crianças não querem mais sair de férias conosco, quando nossos amigos não são tão úteis quanto poderiam ser, quando perdemos nossa propriedade ou nosso trabalho. Isto dói. Nada é absolutamente garantido.

Se conseguirmos nos separar um pouco dos eventos que nos cercam, se não os segurarmos com tanta força, poderemos nos tornar mais felizes.

Deixe uma resposta