Reflexão: Se você aceitar os problemas, eles desaparecerão

Reflexão: Se você aceitar os problemas, eles desaparecerão

Se você sente medo, é porque algo a preocupa. Por que transformar o problema em um problema maior? Por que criar um problema? É como se você estivesse se perguntando por que tem um nariz, em vez de dois.

O medo está aí e tudo que você precisa fazer é aceitar. Aceite e não se preocupe. Você verá que de repente desaparece.

Essa é a alquimia interior: os problemas desaparecem assim que são aceitos, mas ficam maiores e mais complicados quando entram em conflito com eles. É claro que há sofrimento e com isso vem o medo. Mas aceite-o porque não há nada que você possa fazer sobre isso. 

Não pense que estou falando de pessimismo ao dizer que você não pode fazer nada a respeito. Quando digo que não há nada que você possa fazer, estou lhe dando a chave para resolver o problema.

O sofrimento faz parte da vida e do crescimento, e não há nada de errado com isso. 

O sofrimento só se torna ruim quando é destrutivo e não é usado para criar.

O sofrimento só se torna ruim quando a pessoa sofre e não aprende nada com seu sofrimento. Quero lhe dizer que, quando o sofrimento deixa as lições, é uma força criativa.

A escuridão é linda quando sugere o aparecimento precoce do amanhecer; A escuridão é perigosa quando é interminável e não implica um amanhecer. 

É perigoso quando é simplesmente perpetuado e a pessoa continua a se mover como um autômato na rotina de seu círculo vicioso. Isso pode acontecer se você não estiver alerta: por querer sair de um sofrimento, você acaba criando outro, e para escapar disso, você cria outro, depois outro, e assim por diante. 

Todos aqueles sofrimentos que você não viveu continuam esperando por você. Eles escaparam, sim, mas simplesmente caíram em outro sofrimento, porque a mesma mente que criou o primeiro sofrimento também cria o seguinte. O sofrimento sempre estará lá porque é uma criação da mente.

Aceite o sofrimento e passe por ele; não escape. É uma dimensão completamente diferente na qual você deve trabalhar.

O sofrimento está aí. O sofrimento estará lá, então aceite. 

Todas as pessoas são covardes. Aqueles que chamamos de corajosos estão apenas fingindo porque, no fundo, são tão covardes quanto o resto do mundo. De fato, talvez sejam mais covardes porque, para criar sua covardia, fabricaram uma máscara de bravura e tentam agir de tal maneira que ninguém pensa que são covardes. Sua bravura é apenas uma fachada.

Como podemos ser corajosos? A morte está aí. Como podemos ser corajosos se somos apenas folhas sopradas pelo vento? Quando o vento sopra, a folha estremece. Assim, quando você treme e o medo toma conta de você, você é como uma folha ao vento – linda! Por que formar um problema com isso?

Mas a sociedade fez de tudo um problema.

Quando uma criança tem medo do escuro, sempre nos dizem: “Não tenha medo, seja corajoso”. Porque a criança é inocente; É natural que você sinta medo no escuro. Mas, nós o forçamos a ser corajoso e nos esforçamos para ser. 

Todo o seu ser está tenso e pronto para tremer, mas a criança é reprimida. Esse tremor reprimido o assombrará por toda a vida. Teria sido bom tremer no escuro; não haveria nada de errado com isso. Teria sido bom chorar, correr e se refugiar nos braços de seus pais, não havia nada de errado nisso.

Essa criança teria saído do escuro com mais experiência e maior conhecimento. Depois de tremer e soluçar no escuro, ele teria percebido que realmente não havia nada a temer. 

Ao suprimir, você nunca consegue experimentar o fenômeno em sua totalidade e não aprende nenhuma lição.

A sabedoria vem com o sofrimento, através da aceitação. Seja qual for a situação, se sinta confortável nela…

Você é linda! Aceite e, não importa o que aconteça, deixe a situação acontecer e viver.

O sofrimento não leva muito tempo para se tornar aprendizado; nesse caso, se torna uma força criativa.

O medo o deixará destemido e a raiva o deixará com compaixão. 

Compreendendo o ódio, o amor nascerá em você.

Mas isso não acontece criando um conflito, mas vivendo com a consciência alerta.

Aceite e passe pela situação. -OSHO

Deixe uma resposta