Uma Lição De Vida Para Refletir “As Pedras Grandes e o Vaso”

Uma Lição De Vida Para Refletir “As Pedras Grandes e o Vaso”

Um dia, o professor entrou na aula em silêncio e colocou um vaso de vidro na mesa.

Então ele começou a tirar de uma bolsa algumas pedras muito grandes, do tamanho de laranjas, e começou a colocar cuidadosamente uma após a outra no recipiente, até que ele não conseguiu mais colocar. 

Ele perguntou a seus alunos: – Está cheio? 

Todos responderam que sim. 

Então ele pegou outra bolsa que ele trouxe e que continha pequenas pedras, ele jogou as pequenas pedras dentro do recipiente até que toda a areia se acomodou pelos espaços vazios. Todo o conteúdo do saco entrou entre as lacunas.

– Está cheio? Ele perguntou novamente.

Os alunos disseram que agora estava realmente cheio. 

Naquela época, o professor pegou o terceiro saco que ele tinha, que continha uma areia muito fina, e foi se transformando no vaso até que todos os espaços estavam completos, dessa vez os alunos acreditaram que realmente estava cheio, não cabia mais nada.

Porém, o professor colocou água, que descia pelas pedras e areia.

“Bem, agora nós temos um vaso cheio”, disse o professor… O que você acha que é o ensinamento que eu queria transmitir a você hoje?

“Não importa o quão ocupados pensemos que somos, sempre há espaço para fazer outra coisa”, disse um estudante.

“Nada disso”, disse o professor, o que eu queria mostrar para você com esse pequeno experimento é o seguinte:

Se não colocarmos as grandes pedras no começo, não poderemos colocar depois.

Reflexão: Quais são os pilares da sua vida? Você está dando prioridade às coisas que devem vir primeiro? Que projetos você deixa para depois, que aventuras você renunciou para viver, por que você não lutou por amor? 

Muitas vezes, no mundo de hoje, há tantas “pressas” e mensagens tão contraditórias que nos esquecemos do essencial. 

Encha tranquilamente seu vaso, sem problemas, com suas grandes pedras e a partir daí o resto que enche o vaso será apenas um motivo secundário.

E lembre-se: uma árvore se cresce para cima é na mesma medida que suas raízes crescem, e é isso que lhe dá solidez. Conheça a si mesmo e não rejeite as raízes profundas ditadas pelo seu coração, muito menos pela pressão dos outros, modas passageiras ou momentos de confusão. 

Deixe uma resposta