4 Motivos pelos quais um homem é infiel – De acordo com a ciência

4 Motivos pelos quais um homem é infiel – De acordo com a ciência

Há muitos homens que acreditam que ser infiel é absolutamente normal. Obviamente, isso não é nada bom, já que a ideia é estar com alguém, se dedicar a essa pessoa e respeitar acima de qualquer coisa.

O que muitas pessoas não sabem, é que a infidelidade nem sempre ocorre quando o relacionamento está em um momento ruim.  

Então, não podemos deixar de perguntar, por que o homem é infiel? 

Por que os homens são infiéis?

1. Tédio

Um homem desfrutar de um relacionamento saudável e estável não significa que às vezes ele pode sentir algo chato na rotina. 

 momentos em que as coisas correm perfeitamente bem e, simplesmente, isso nos faz entrar em uma zona de conforto onde nos sentimos confortáveis, mas ao mesmo tempo com falta de motivação. 

Às vezes, essa falta de motivação se traduz em tédio e o homem sai para procurar aquelas novas experiências.

2. Quer explorar novos terrenos

Há muitos casais que, quando decidem ficar juntos, antes de terem ‘aproveitado a vida’. Às vezes, esse pequeno detalhe, que não tem nada de errado, faz com que a curiosidade conquiste os homens.

Idealmente, o casal deve se renovar para que essa vontade de ganhar experiência não surja.

3. Problemas de ego e emoção

Bem, isso é algo bastante dedutível e, portanto, já conhecido por muitos. 

Uma das principais razões pelas quais um homem é infiel a sua esposa é por causa da necessidade de confirmar sua atratividade física. 

Há momentos em que um homem, depois de passar algum tempo com a mesma mulher, começa a acreditar que não é mais atraente e precisa verificar se outras mulheres o querem. 

É neste momento em que a infidelidade se faz presente, quando ele vai em busca da aprovação dos outros.

O que o ego não permite compreender esse tipo de homem é que uma boa mulher sempre será atraída por um homem não apenas pelo físico, mas também pela personalidade. 

Muitas vezes o ego dos homens joga contra eles e acabam cometendo erros imperdoáveis ​​e, na maioria das vezes, se arrependem e querem voltar atrás.

4. Genética

Alguns estudos foram realizados na Universidade de Binghamton e seus resultados revelaram que um certo número da população tem um gene que os torna mais propensos à infidelidade do que a outros. Além do contexto onde isso acontece, essas pessoas se sentem mais promíscuas e seus desejos carnais são maiores.

Isso ocorre principalmente porque as pessoas que tendem a ser infiéis têm uma composição diferente de um receptor de dopamina. Esse mesmo receptor está ligado a vícios. 

As pessoas que atendem a essa característica são frequentemente infiéis e desfrutam de mais encontros com pessoas que não são suas parceiras.

Deixe um comentário: você já foi infiel? Você perdoaria uma traição?

Deixe uma resposta