5 Atitudes dos pais que educam “bons” filhos de acordo com Harvard

5 Atitudes dos pais que educam “bons” filhos de acordo com Harvard

Obviamente, criar uma criança agora é algo muito diferente do que era há alguns anos atrás.

Nessa época em que a comunicação se expandiu tanto com o uso da Internet, a telefonia móvel e outros paradigmas da sociedade mudaram e a educação de pais para filhos também mudou.

Antes, as crianças passavam mais tempo ao ar livre e hoje gostam de estar no conforto de suas casas diante de uma tela. 

É por isso que a educação dos pequenos é algo muito diferente do que era há alguns anos e devemos nos perguntar se não é hora de voltar ao clássico.

As crianças de hoje estão em contato constante com a tecnologia e desde muito jovens. É muito comum ver pais usando telas com seus filhos como se fosse um placebo, algo para entretê-los e não causar muitos problemas. 

Esse fenômeno foi investigado por um grupo de psicólogos da Universidade de Harvard e concluiu a necessidade de algumas coisas básicas na educação de todas as crianças. 

5 dicas para criar bem uma criança

1. Passar tempo com as crianças

Parece óbvio, mas nesta era de trabalho incessante e pouco descanso é algo que nem todos os pais fazem

Hoje, todos vivemos a um ritmo razoavelmente rápido e trabalhamos tantas horas que não percebemos a importância de outras coisas além de gerar dinheiro. Desta forma, há também a necessidade de colocar uma criança na frente de uma tela, em vez de falar ou passar tempo com ela.

Compartilhar tempo com uma criança significa momentaneamente se desligar de tudo o que a rodeia e desfrutar de tempo de qualidade com a criança. 

Jogar bola, cartas, ir acampar são algumas das atividades mais comuns que se pode compartilhar com seus filhos para fortalecer o vínculo com eles e educar. 

Essa é a coisa mais importante e que você nunca esquecerá.

2. Fale claramente para seus filhos

O grupo de pesquisadores disse: “Um pai sempre diz que as crianças são a prioridade, muitas vezes não é o que as crianças sentem”.

É importante se conectar com a vida de nossos filhos e sempre estar ciente do que está acontecendo com eles, coisas boas e ruins. 

Se a comunicação direta não é fácil, você sempre pode conversar com seus professores, seus amigos e outras pessoas. 

As crianças precisam saber que sempre virão em primeiro lugar em nossas vidas e, claro, não é o suficiente, é importante conversar e as ouvir.

3. A importância de resolver conflitos

É necessário que todo pai saiba que nem sempre consegue resolver a vida de seus filhos. Eles terão que enfrentar seus próprios problemas e encontrar as ferramentas para resolver, não importa em primeiro lugar como tais conflitos se desdobram.

E é que o bom desenvolvimento de uma criança é fundamental para mais tarde se tornar um adulto responsável, que saiba lidar com todos os tipos de situações e problemas. 

O fracasso e as coisas que dão errado fazem parte do processo de aprendizagem de qualquer ser humano e nunca deixamos de absorver coisas novas das experiências.

4. Se mostre grato com seus filhos

O grupo de pesquisadores que realizou este estudo também concluiu sobre a importância da gratidão pela educação de uma pessoa. 

Os pais devem sempre lembrar seus filhos da gratidão que sentem em relação a eles por suas realizações e também por seus fracassos.

É realmente importante educar nossos filhos para que se tornem pessoas compassivas, que sentem afinidade com o próximo e que sempre apreciem tudo o que têm na vida, bem e mal. 

Como pais, devemos encurtar todas as aparentes diferenças entre as pessoas e deixar claro para nossos filhos que somos todos iguais, que todos nós merecemos o mesmo.

5. A importância de uma visão ampla

Eduque seu filho para que ele nem sempre dependa de uma tela, para que ele possa se sentar e realmente ouvir alguém. 

Mais uma vez o tema da gratidão aparece como um ponto central e chave e os pesquisadores disseram: “todos os pequenos se preocupam e estão cientes do que está acontecendo em seu círculo íntimo de familiares e amigos”.

Ensine seu filho que o caminho da bondade, compaixão e tolerância para os outros é a coisa mais importante para se tornar uma boa pessoa.

“Educar uma criança boa, respeitosa e com um sentido ético sempre foi um tanto complexo. No entanto, é algo viável. Não há trabalho mais importante ou gratificante”.

O que você acha deste estudo? Você adicionaria outra coisa? Deixe um comentário.

Este post tem 2 comentários

  1. O amor é algo incalculável você constrói pontes indestrutíveis com ele Jesus nós ensinou o mestre compaixão amar como amamos Deus
    Acordo tempo passa e eu queria passar meu tempo com Adriana ensine seus filhos fale em tom bom e diz o mundo e vida não eh como você quer

Deixe uma resposta