5 Maneiras corretas de dizer NÃO a uma criança

5 Maneiras corretas de dizer NÃO a uma criança

Quando temos filhos, não sabemos muito bem como educá-los, pois eles não vêm com manual de instruções. A verdade é que existem muitos pais que usam a palavra NÃO de maneira errada. Isso deve ser controlado, pois pode gerar ressentimento na criança.

Além disso, seu uso contínuo pode sensibilizar a criança com o significado e não dar a importância que ela tem. Portanto, você deve usar frases curtas e claras para explicar ao seu filho por que ele não deve fazer algo sem usar simplesmente a palavra “não”. Nós damos alguns exemplos!

Como dizer “não”?

1- Não quebre isso!

Tome cuidado porque isso pode quebrar e te machucar.

2- Não vou comprar sorvete hoje!

Podemos fazer uma sobremesa em casa, você já chupou sorvete ontem!

3- Não bata no seu irmão!

Se você machucar, ele não ficar triste e não vai mais querer brincar!

4- Não iremos ao parque hoje!

O que você acha de brincarmos em casa hoje?

5- Tenho coisas para fazer e não posso brincar com você

Você pode me ajudar a arrumar isso para brincarmos mais tarde?

É tão ruim dizer não a tudo. Idealmente, encontre um equilíbrio e diga à criança que “não” de maneira positiva, é muito mais benéfico para ela. Isso ocorre porque eles entenderão melhor o significado das regras, serão mais responsáveis ​​e agirão de forma mais autônoma.

Anteriormente, mostramos alguns exemplos nos quais, somente mudando a forma de falar, você expressa o mesmo e pede à criança que não faça o mesmo. 

Com o constante “não”, corremos o risco de ser ignorados; portanto, mantenha o “não” em algo realmente importante, como olhar pela janela ou atravessar a rua sozinho.

Não se trata de negar as coisas à criança, pois é necessário impor regras e disciplina. Consiste em dizer de outra maneira, para evitar a negatividade que vem com um “não”.

Para fazer isso, você pode sugerir outra atividade. Por exemplo, não podemos ir ao parque, mas podemos cozinhar em casa ou jogar jogos de tabuleiro. Você também pode adiar o pedido e deixar para outra hora, mas seu filho deve saber que horas são.

Outra opção é explicar o que acontecerá se você fizer o que deseja como consequências de bater em seu irmão ou quebrar coisas. Você também deve esclarecer as regras que possui em casa antes de dizer “não”.

Finalmente, lembre-se de contar as coisas com humor e simpatia. Não vai ajudar ficar com raiva. Com todas essas dicas, aprendemos a dizer “não” a crianças sem uma resposta negativa.

Você é um daqueles pais que repete o “não” a todo momento? Você acha estranho que seus filhos tenham mudanças de comportamento?

Salve essas dicas incríveis no Pinterest ou compartilhe com seus amigos do Facebook!

Deixe uma resposta