5 Pecados Emocionais Que Você Com Certeza Comete e Só Lhe Trazem Dor e Sofrimento

5 Pecados Emocionais Que Você Com Certeza Comete e Só Lhe Trazem Dor e Sofrimento

Emoções podem ser entendidas como estados afetivos que todos nós experimentamos e que geralmente têm uma história cognitiva e um comportamento bem marcado. 

Por outro lado, é necessário dizer que eles desempenham um papel fundamental em nossas relações interpessoais e nossa adaptação ao meio ambiente. 

Toda vez que experimentamos uma emoção, também sentimos esses valores e conceitos sob os quais o mundo é governado; do nosso ponto de vista.

Durante muito tempo eles não deram a importância que mereciam às emoções, mas agora sabemos o contrário. Eles são realmente parte do nosso dia a dia e é por isso que eles são tão importantes.

Por esta razão, hoje queremos compartilhar alguns dos “pecados emocionais” que devemos evitar, porque a única coisa que nos causa sofrimento e tristeza. Algo que ninguém quer ou está procurando. Recomendamos que você leia com atenção!

Os pecados emocionais que trazem sofrimento

1. A culpa

A culpa é definida como o sentimento de se sentir culpado devido a ofensas imaginárias ou porque a pessoa se sente inadequada para um determinado lugar.

A ideia principal que transmite a culpa é “fiz algo errado”. Essa emoção é uma das mais perigosas e pode levar à depressão severa. Bem como ataques de estresse e ansiedade.

2. O medo

O medo está presente toda vez que sentimos essa necessidade e precisamos fugir de algo, de alguém ou de alguma situação. 

Essa emoção existe para que nos sintamos seguros em certas circunstâncias e para perceber quando o nosso bem-estar está em perigo

Por exemplo, se encontrarmos um animal feroz e o identificarmos como perigoso, seria natural sentir medo e fugir para ficar seguro. É importante saber que o medo não é apenas físico. Mas, também podemos experimentar medo emocional e vários outros tipos. 

O importante é enfrentar todas as situações que nos assustam com muita coragem, autoridade e confiança.

3. A inveja

Se torna presente toda vez que alguém não tem triunfos ou coisas próprias e constantemente quer o que os outros têm. Está intimamente ligado à autoestima de uma pessoa. 

Se a autoestima é baixa, a inveja em relação aos outros e a necessidade de se comparar com o outro provavelmente aparecerão. 

Alguém invejoso não consegue vislumbrar suas próprias virtudes e coisas boas, então ele cria um enorme vazio e uma angústia generalizada. 

Infelizmente, sentir isso pode destruir uma pessoa e sentir que ela nunca preencherá o vazio que a inveja provoca.

4. A raiva

A raiva é algo com muito potencial de destruição. Toda vez que nos sentimos irritados, queremos machucar alguém ou algo. E tudo de uma maneira totalmente consciente. 

Geralmente, a raiva aparece quando nosso medo de perder o controle de uma situação se torna presente. Por sua vez, a frustração por algo é um gatilho comum para ataques de raiva. 

Também pode aparecer se testemunharmos algo injusto com alguém e decidirmos intervir. Esta é uma das emoções mais prejudiciais.

5. A exigência

Essa é a emoção que nos pede um comportamento inquebrantável e sempre ligada a todos os tipos de planos. 

A exigência nos faz ver o erro como algo totalmente ruim e nos aproxima de novas experiências. 

Atualmente, a exigência, e especialmente a auto exigência, faz parte de nossas vidas constantemente. Diante de uma sociedade bem-sucedida e competitiva, é impossível não se sentir frustrado em grande parte e emocionalmente desequilibrado. 

Deixe um comentário e diga: você comete esses pecados emocionais?

Deixe uma resposta