5 Sinais Que Provam Que Pessoas Que Choram Muito São Poderosíssimas

5 Sinais Que Provam Que Pessoas Que Choram Muito São Poderosíssimas

Ao longo tempo a sociedade por si só estigmatizou sentimentos, entre eles a tristeza. Com isso, afirmou que as pessoas que passam por esse sentimento, possuem inúmeros adjetivos, que não são nada positivos.

A pessoa que chora, para a sociedade, é em sua maioria, tida como alguém fraco, frágil, inseguro e similares. Com isso, o indivíduo que passa por seus momentos de queda, que acaba por chorar, por força do pensamento coletivo, imagina que este ato é algo vergonhoso, e muitas vezes, desde muito pequenos, acabam por crescer com os estigmas de que “quem chora é fraco”.

Contudo, muitos afirmam que as pessoas que choram, na verdade, são bem mais equilibradas que os demais. Aqui, vamos expor 5 sinais que comprovam essas afirmações.

1. As pessoas que choram não costumam reprimir suas emoções

Há uma grande parcela de pessoas que acreditam que os mais fortes são aqueles que acabam por reprimir o choro e engolir em seco, contudo, não é bem assim que funciona.

As pessoas que costumam deixar com que seu emocional funcione de forma mais automática, e consequentemente choram em determinadas ocasiões, possuem muito mais controle sobre si, e sua capacidade de ser sincero é bem maior que de uma pessoa que acaba reprimindo suas emoções.

Essas pessoas são capazes de reconhecer os seus aspectos emocionais e expressá-las livremente, mesmo que acabem por serem taxados negativamente.

Vale lembrar, que ao reprimir qualquer tipo de emoção, o ser humano leva seu corpo e psicológico a pagarem altos preços por isso, como muito estudos afirmam, ter esse comportamento nocivo, pode gerar até mesmo enfermidades ligadas ao excesso de esforço, como patologias cardíacas e hipertensão.

2. Os indivíduos que choram sabem que isso de certa forma é terapêutico

Há muito se expressa através de textos e poemas que chorar cura, e de fato, o choro pode “curar” de certa forma.

O nosso corpo é preparado para lidar com essa emoção, e até mesmo libera através disso, hormônios que nos ajudam a aliviar as tensões.

Ao chorar, nosso cérebro libera um hormônio chamado endorfina, que por sua vez é capaz de aliviar a dor e causar paz e relaxamento. Por esse motivo, é que quando choramos e finalmente conseguimos parar, nos sentimos mais leves, afinal, a endorfina já está agindo em nós.

O choro também é capaz de ser purificador e aproximar as pessoas, podendo estreitar os laços que pode haver entre dois indivíduos próximos.

Algo muito essencial sobre essa manifestação, é que em hipótese alguma é interessante “cortar” o choro, na verdade, é indicado que a pessoa que está provendo essa emoção, a “despeje” completamente, a fim de que o processo “de cura” dela seja realizado por completo.

3. Através das lágrimas as pessoas podem mudar suas perspectivas

Chorar nos fortalece e por esse motivo, as pessoas que conseguem deixar que esse sentimento flua naturalmente, tendem a ser mais resilientes e verem a situação que causou as lagrimas de uma maneira diferente.

Uma extensa quantidade de pessoas acreditam que chorar é reconfortante, e portanto, ajuda em seu fim a se chegar à uma resposta melhor ao problema, tendo em vista, que assim, como mencionado antes, o corpo e mente estarão mais relaxados para pensarem de forma mais racional e concentrada no problema, e inclusive, pensar em formas alternativas de resolvê-lo.

4. Existe uma conexão por meio das lágrimas

A realidade é que todas as emoções nos conectam, uns aos outros, de uma forma ou de outra. Contudo, pela tristeza e choro se tratar de uma emoção e reação genuínas, essa manifestação tende a aproximar e conectar as pessoas de forma mais profunda e verdadeira.

Essa conexão no momento de dor ou tristeza, se dá justamente pelo fato de que quando estamos nesse instante, conseguimos então ver as pessoas que são verdadeiras conosco, então, quando somos acalentados de forma real, com carinho e amor, e ainda mais somos “aceitos” por sermos assim, se cria de fato, um laço muito estreito entre os envolvidos, afinal, o choro é um clamor por ajuda, e quando somos ajudados, automaticamente somos gratos por quem nos deu a mão.

5. Aqueles que choram não se importam com o julgamento da sociedade

Não menos importante, as pessoas que conseguem demonstrar essa emoção, sem forçar a situação, conseguem ter um melhor controle sobre as suas emoções, perspectivas, força e resistência.

Dessa forma, caso haja julgamentos na sociedade, em quaisquer campos, essas pessoas não tendem a ser acuadas, são verdadeiras e não gostam de ser maquiadas por outras falas ou mentiras. Elas se expressam de forma bastante livre, não são presas ao convencional e conseguem levar a vida mediante suas próprias regras.

Geralmente tendem a defender a posição de serem livres para manifestarem seus sentimentos e lutam por isso, não tendo medo de decepcionar os demais a sua volta, e nem mesmo a si próprio. Para eles, as pessoas em hipótese alguma devem esconder seus verdadeiros sentimentos, e sim, mantê-los abertos para um maior crescimento pessoal.

Logo, em suma, chorar não deve ser visto como um sinal de fraqueza, e sim como sinal de atenção pessoal maior, fortaleza e conhecimento íntimo. O choro, é uma expressão livre e algo natural enquanto somos seres animados e estamos vivos.

Então, se você é uma das pessoas que prendem a respiração e puxam do fundo do coração o restinho de força, querendo segurar o choro para não demonstrar fraqueza, lembre-se que chorar não é debilidade.

Chorar é a expressão genuína de um dos sentimentos mais nobres que existe entre os seres, e deve ser respeitado na individualidade de cada um de nós.

Sorria, brinque, cante, se divirta, grite, xingue, chore, seja humano, afinal, estamos sobre essa terra apenas para fazer isso, viver dia após dia, aprendendo assim a ser forte juntamente com nossas emoções e experiencias.

Deixe uma resposta