7 Passos Em Direção Ao Amor De Acordo Com Dalai Lama

7 Passos Em Direção Ao Amor De Acordo Com Dalai Lama

O amor universal é um amor puro e incondicional que devemos ser capazes de acender não só para nós mesmos e para aqueles que amamos, mas para todos os seres do mundo. 

É um amor que não entende as diferenças e que transcende o ego e emoções como o ódio e apego.

Em seu livro “Os Sete Passos para o amor”, Dalai Lama, oferece uma série de práticas e meditações para se conectar ao amor universal e uma abordagem mais profunda e verdadeira sobre a felicidade.

Estes são os sete passos para o amor de acordo com o Dalai Lama:

1. Reconheça seus amigos

Cada um deve desenvolver um sentimento de comunhão com o mundo, expandir o amor para todos: membros da família, amigos, pessoas com quem “estamos brigando”, nós mesmos, etc. 

O amor, neste sentido, deve ser desenvolvido com e sem diferenças, deve ser capaz de transcender as barreiras que o nosso ego nos coloca.

2. Agradeça a Deus

Devemos ser gratos pela gentileza, compaixão e bondade que recebemos de todas as pessoas ao nosso redor; algo que muitas vezes esquecemos ou ignoramos.

3. Correspondem à gentileza

Dalai Lama observa que, para reconhecer a bondade dos outros, devemos mostrar práticas para ajudar a se libertar do sofrimento, manifestar sua espiritualidade e iluminação.

4. Aprenda a amar

Dalai Lama diz, “mas você vai gastar milhões de anos procurando o melhor método para alcançar a felicidade permanente, eventualmente, você iria perceber que a única maneira é gerar amor e compaixão.”

O líder espiritual destaca a importância de praticar a compaixão, suprimir ações físicas e verbais que podem prejudicar outros, ajudar os outros no caminho espiritual, compreender o seu próprio e sofrimento dos outros, o altruísmo prático, diferencia entre o amor e apego, e expande seu círculo de amor.

5. O poder da compaixão

Dailai Lama diz: “plena iluminação significa que você está constantemente na presença de compaixão” e também: “Quando compaixão cresce, faz assim a sua vontade de se comprometer com o bem-estar de todos os seres, mesmo se você tiver que fazer isso sozinho”.

6. Compromisso total

Se você desenvolveu amor e compaixão, se realmente sente isso em seu coração, então se compromete a ajudar na libertação e felicidade de todos os seres do mundo.

7. Busque a iluminação altruísta

Dalai Lama aponta que, além das deficiências materiais, há causas de felicidade que são geradas internamente. 

Para ajudar o outro, então, também é necessário mostrar práticas que colaboram em seu caminho espiritual, é por isso que você quer, internamente, atingir a iluminação.

O que você acha dessas práticas propostas pelo Dalai Lama? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta