8 Hábitos Tóxicos No Relacionamento Que Você Confunde Com Algo Saudável

8 Hábitos Tóxicos No Relacionamento Que Você Confunde Com Algo Saudável

Você está convencido do que realmente é o amor? Convidamos você a ler essa lista e ver o que realmente sente por seu parceiro de acordo com os hábitos que você tem todos os dias. 

É comum os casais terem uma ideia errada sobre o conceito de amor verdadeiro. Às vezes confundimos alguns hábitos que acreditamos serem saudáveis ​​em um casal quando, na realidade, se trata de hábitos que são bastante tóxicos. 

Em um relacionamento em que as coisas não funcionam bem, há sempre uma ruptura na comunicação. É difícil deixar de lado um relacionamento tóxico. 

Quando estamos envolvidos nesse tipo de situação, tendemos a justificar tudo de ruim com argumentos baseados no amor. Acreditamos que essa pessoa irá mudar mais cedo ou mais tarde para nós.

A verdade é que um relacionamento não se torna tóxico de um momento para o outro. É algo que acontece gradualmente e certamente destruirá o relacionamento completamente. Qualquer casal pode desenvolver maus hábitos no relacionamento. 

8 hábitos que parecem saudáveis, mas são tóxicos para o relacionamento

1. Acreditar que o seu parceiro é tudo na sua vida

Sabemos que isso pode soar romântico. Mas, a realidade é que quando nosso parceiro “é tudo” não estamos deixando espaço em nossas vidas para as outras coisas que nos fazem bem. Claro que isso não é saudável!

Acreditar que ele é o mais importante de nossa vida, nos torna menos importante para nós mesmos.

2. Comunicação excessiva

“Ele sempre me chama porque ele não pode viver ser um segundo sem mim.” 

Esta é geralmente a resposta das pessoas que acreditam que seu parceiro chama o tempo todo simplesmente por amor. 

Isso é algo que não devemos acreditar que é bom para o casal, pois nos permite vislumbrar uma terrível insegurança e desconfiança. 

Quando os relacionamentos nascem, isso é algo muito terno e bonito, mas ser controlado a cada segundo da vida do outro não pode ser nada saudável para um casal. 

3. Acreditar que é seu parceiro quem deve resolver seus problemas emocionais

É claro que o apoio mútuo deve estar sempre presente em um casal. No entanto, acreditar que nosso parceiro é responsável por consertar nossas feridas emocionais é um erro grave. 

A pessoa que está conosco pode nos dar apoio nesses tempos difíceis, mas é claro que devemos ser os que lidam com os problemas. 

4. Acreditar que o outro tem a obrigação de te fazer feliz

Realmente, se sentirmos amor pelo nosso parceiro nos fará felizes a cada momento. No entanto, quando se acredita que é culpa do outro que não estamos felizes, significa que estamos jogando todas as nossas fichas em uma única cor como dizem. 

Isso não pode ser bom nunca. A pessoa com quem estamos não tem a “responsabilidade” de nos fazer feliz. 

A felicidade é alcançada através do trabalho mútuo e começa por estar bem consigo mesmo.

5. Fazer tudo junto

Sabemos que compartilhar atividades com o casal é algo extraordinário e saudável. No entanto, há um abismo entre o acima mencionado e fazer absolutamente tudo em dois.

Sempre tire um tempo sozinho. Este é o descanso que depois nos renova e aumenta nosso desejo de passar tempo com o outro.

6. Honestidade excessiva

Às vezes é necessário silenciar algumas verdades e não estar o tempo todo dizendo absolutamente tudo que cruza nossa mente. 

Pense nisso, você não quer ouvir que hoje você não está bonita, por exemplo. Claro que ele pode pensar assim, mas há momentos em que é melhor não dizer nada.

7. Tentar uma divisão perfeita de tarefas domésticas

Tarefas domésticas devem ser compartilhadas. Mas, devemos saber que não é saudável ficar o tempo todo fiscalizando o que você fez e o que o outro não fez. 

Estar constantemente recriminando as coisas não pode ser saudável para qualquer relacionamento.

8. Proteção em excesso

Se ele se comportar como se fosse seu pai, como se você fosse sua mãe, algo não está certo. Bem, você está longe de ser sua mãe e vice-versa. 

Claro que um pouco de cuidado é bom e mostra o outro que nos importamos também. No entanto, essa atitude pode se tornar um pouco tóxica e prejudicial à saúde de um relacionamento. 

Deixe um comentário e diga: o que você acha? Você já passou por esses costumes? Você sabia que eles eram tóxicos?

Deixe uma resposta