A Carta Dessa Mulher Para Si Mesma, é Um Ensinamento Que Todos Devem Ler

A Carta Dessa Mulher Para Si Mesma, é Um Ensinamento Que Todos Devem Ler

Uma carta que abrirá seu coração e mostrará grandes coisas.

Existem diferentes maneiras de amar, existem diferentes maneiras de expressar amor e de se comprometer com ele e dar tempo e dedicação.

As relações são maravilhosas, mas podem ser muito complicadas e, aqui vamos te mostrar uma carta que fala sobre o amor, mas não fala sobre o amor com o outro, mas sobre o amor sobre si mesmo. 

Carta de amor para si mesmo

O amor-próprio é o primeiro amor que temos para trabalhar em nossa vida adulta. Eles nos ensinam a amar os outros, a agradecer aos outros, a perdoar os outros, a compartilhar com os outros e a fazer coisas pelos outros, o tempo todo.

Neste caso, a proposta vem de dentro. Ela argumenta que, se alguém não se ama, se não aprende a perdoar a si mesmo, a ser grato, a cuidar de si mesmo, a amar a si mesmo, entre outras coisas, não pode fazer isso com o outro. Esta é a carta de Laura:

Eu ouvi em muitos lugares que o amor pode com tudo. Eu ouvi muitas histórias de amor, de amor infinito, eterno, incondicional, perfeito… Todas essas histórias de amor sempre têm finais felizes. 

E enquanto eu acredito que o amor é algo muito forte, eu também acredito que é transformador, curador, vencedor, entre muitas outras coisas. 

E é por isso que escrevo e posso dizer que dei tudo por amor, que te dei tudo. Eu não me importava de dar cada parte de mim, dedicando tanto tempo e amor todos os dias. Mas desta vez minha paciência se cansou. 

Eu não quero mais dar tudo por você. Muitas coisas feitas por você para que você não responda ou me ignore, muitas carícias, atos de amor para que você não valorize isso, para que você não me valorize. 

Mas não mais, acabou. Minha paciência está esgotada e chegou a hora de dar amor a mim. Eu não vou perder tempo com você. Eu não quero mais fazer coisas para você. Eu quero fazer coisas por mim. 

Eu te dei tudo, mas é isso. Não funcionou. É hora de dar tudo para mim, me amar e cuidar de mim, porque agora eu entendo que há um amor mais importante, o amor por mim mesmo”.

Se você se encontrar em uma situação semelhante, lembre-se de que o amor por você é o mais importante. Aqui estão algumas dicas para você:

Aceite que você está ferido: se permita ficar triste por um tempo. Isso vai passar em breve.

Comece de novo: para esquecer alguém, quebre todos os elos até ficar emocionalmente melhor.

Você deve ficar sozinho por um tempo: não tenha medo, se permita redescobrir a si mesmo.

Deixe seus sentimentos para fora: Escreva um diário, escreva poesia, histórias ou músicas, esses esforços criativos permitirão canalizar sua dor

Refletir sobre o relacionamento: Reconheça o bem e o mal do seu relacionamento e valorize isso.

Seja independente. Você precisará melhorar sua capacidade de ficar sozinho: dessa forma, você terá mais confiança e se lembrará de que é forte e capaz.

Experimente novas atividades: essas novas coisas a fazer não apenas farão você feliz, mas também o ajudarão a esquecer seu antigo amor.

Evite amigos em comum: sair com amigos em comum depois de terminar o relacionamento tornará essa experiência mais difícil para você.

Explore a si mesmo: conheça seus pontos fortes e fracos. Talvez você reconsidere muitas coisas em sua vida

Quando você se sentir sozinho ou seu relacionamento não funcionar, pense e aposte em seu relacionamento consigo mesmo. Se valorize, se cuide e acima de tudo, se ame. 

Se você se sentiu identificado com a carta, não hesite em nos deixar um comentário e compartilhar com seus amigos.

Deixe uma resposta