Carta de uma mãe solteira para o pai de seu filho

Carta de uma mãe solteira para o pai de seu filho

Ser mãe não é uma tarefa fácil, muito menos quando você é uma mãe solteira e não tem o apoio daquele que, junto com você, fez o ser mais maravilhoso de sua vida, seu filho.

É realmente doloroso passar por uma situação como o abandono, principalmente porque ele não apenas deixa você, mas um ser pequeno que não é culpado pelos erros cometidos por seu pai ou ambos os pais.

Se você é uma mãe solteira, vamos deixar uma carta que você deve ler para se dar mais valor e continuar lutando por você e seu pequeno.

Carta de uma mãe solteira para o pai de seu filho

O dia em que você decidiu me deixar, isso machucou minha alma. Você me fez pensar: ‘‘o que eu fiz de errado?’’ Chorei muito e comecei a pensar que não poderia continuar sozinha, mas depois olhei para o meu filho, ele precisava muito mais de mim, porque você não estaria mais ao seu lado. 

Depois de um tempo eu pude entender que isso era o melhor que tinha acontecido, desculpa, mas foi a melhor coisa que poderia acontecer para nós, para meu filho para mim, porque graças a isso eu tenho vivido a melhor experiência da minha vida, eu sou capaz de fazer isso sozinha, sem depender de um homem para atingir meus objetivos.

Você não terá nem a honra, nem a oportunidade de viver com o seu filho o que eu mesmo experimentei, talvez você pensou que era demais para você, um bebê não estava em seus planos e seu futuro seria complicado e, você só pensava em si mesmo, então estamos muito feliz que tudo tenha acontecido dessa maneira.

Sua consciência e ações é a maneira como o nosso filho vê você, porque eu sei que apesar de tudo, ele pensa em você. Esclareço que nunca tive a necessidade de falar mal de você para ninguém, nem mesmo para meu filho, porque não vale a pena ser mentalmente desperdiçado por alguém que simplesmente não se importa.

Então, enquanto você está longe, ignorando a existência de um ser maravilhoso que foi criado sob o amor que um dia sentimos, eu ficarei feliz vendo suas experiências como espectador.

Eu sempre tento apoiar naquilo que ele precisa, porque quero que meu filho atinja todos os objetivos que ele estabelecer, porque ele quer ser uma boa pessoa, saber que as responsabilidades devem ser enfrentadas com coragem e não fugir com a primeira complicação.

Agradeço de todo o coração pela sua ausência, porque, embora no começo tenha me magoado demais, hoje entendo que foi um teste de Deus se tornar uma mulher guerreira, alguém que luta pelo que quer apesar das circunstâncias. Você me fez uma mulher forte e, graças a isso, o amor que tenho por meu filho cresce a cada dia.

Compartilhe esta carta em suas redes sociais.

Deixe uma resposta