▷ 10 Dicas De Como Desenvolver a Mediunidade – Passo a Passo

▷ 10 Dicas De Como Desenvolver a Mediunidade – Passo a Passo

Trouxemos para você dicas que são essenciais quando se quer desenvolver a mediunidade. É importante que ao tomar essa decisão, alguns passos importantes sejam seguidos.

A seguir, trouxemos dicar importantes para te ajudar nesta jornada.

O que é a mediunidade?

A mediunidade é um tema muito abordado em todo o mundo e de maneiras muito diversas, muitas vezes recebendo até outros nomes. No Brasil, esse termo ficou muito popular depois da obra de Alan Kardec e a estruturação do espiritismo, pois esta é uma doutrina que tem como uma de suas principais vertentes a compreensão do que é a mediunidade.

A mediunidade é uma faculdade do espírito, uma capacidade de percepção daquilo que está no extrafísico. A pessoa com essa capacidade recebe estímulos que pode ocorrer de formas diversas.

A mediunidade tem sido alvo de muitos estudos ao longo dos anos. Para que nós seres humanos, possamos ter uma compreensão muito mais ampla e profunda do universo, entendendo a nossa missão de alma, a força poderosa do amor e a profundidade de nossas intenções, pensamentos e daquilo que sentimos.

A mediunidade é considerada como o caminho por onde as mensagens do Grande Espírito Criador pode chegar até nós. É uma porta aberta para que a alma humana consiga experimentar todas as possibilidades. Uma ferramenta para que o homem que está preso no mundo material, mantenha-se em maior sintonia com a fonte de onde ele foi gerado.

Tudo isso, faz parte da mediunidade e não é preciso estudar muito para conseguir compreender a sua dimensão.

Por que desenvolver a mediunidade?

A mediunidade precisa ser lapidada pelas pessoas boas que tem esse dom, para que tenha como base valores e princípios elevados, e não seja uma ferramenta destrutiva utilizada por pessoas mesquinhas, materialistas e egocêntricas.

Ela é uma faculdade espiritual, que precisa ser utilizada para promover melhorias do próprio espírito do médium e também nos demais. Ela é o sentido do espírito, como uma voz da alma, asas dadas a própria consciência. É uma capacidade da pessoa poder conversas diretamente com a Fonte, sem intermédios.

Uma pessoa só poderá se conhecer e conhecer todos os seus potenciais na mediunidade, quando aprender a desenvolvê-los.

O desenvolvimento da mediunidade passa por várias fases. É muito importante considerar que para que se atinja bons resultados e torne a mediunidade uma ferramenta de transformação de si e do seu entorno, é fundamental começar a trabalhar no seu próprio ser.

Para isso, alguns passos são muito importantes:

  1. Aprender a desenvolver o amor, a paciência e a praticar o perdão;
  2. Praticar e cultivar o auto amor e a autoestima;
  3. Se aprofundar no conhecimento da sua própria missão de alma;
  4. Praticar o desapego e a fé, criando confiança na vida e em todos os seus atos;
  5. Compreender que existem dimensões extrafísicas e que elas interferem de forma muito intensa nos pensamentos e nas emoções sentidas;
  6. Compreender que se vive sob uma lei de causa e efeito e de que semelhante sempre atrai semelhante. Nada pode escapar dessa lei;
  7. Compreender que a sua vida necessita ter um propósito espiritual e que a vaidade e a futilidade são tóxicas para o seu ser;
  8. Compreender a verdadeira importância da caridade. Da doação ao seu próximo, seja de tempo, de carinho, de amor, de dedicação ou de ações do bem. Você é quem constrói os alicerces de uma vida sólida, mas o altruísmo consciente é fundamental, pois você não pode dar aquilo que você não tem.

Depois de tudo isso, então você está pronto para se aprofundar na mediunidade, para se desenvolver, ampliar e potencializar o que você tem de especial.

Você estará pronto não apenas para se equilibrar e evoluir, mas para auxiliar na evolução de terceiros.

10 dicas para desenvolver a mediunidade

  1. Encontre uma casa ou centro espírita onde você possa se conectar com pessoas que estão no mesmo caminho espiritual, assim você conseguirá conhecer a fundo a doutrina e desenvolver sua mediunidade;
  2. Seja disciplinado, não desvie do caminho, permaneça sempre focado no seu propósito de alma;
  3. Pratique sempre ações que melhoram o seu ser como um todo, cuide de todos os seus passos e todas as suas ações, lembre-se que o que você é reflete no seu entorno;
  4. Elimine todos os tipos de julgamentos da sua vida, aprenda a gerenciar o seu próprio comportamento e nunca dos seus irmãos;
  5. Aprenda a ouvir e a sentir os seus guias e mentores espirituais. Nunca trave ou bloqueie a sua intuição, pois ela é quem vai te auxiliar nesse processo. A intuição é fundamental e precisa ser desenvolvida com atenção e disciplina;
  6. Cuide de si mesmo. Mantenha-se sempre rezando, faça banhos, acenda velas, tenha os seus próprios rituais de cuidado e limpeza pessoal. Mantenha sempre a sua energia renovada e pura, pois isso é de fundamental importância;
  7. Não tenha pressa, compreenda que todas as coisas acontecem no seu tempo exato e não há como interferir nisso. Portanto, seja paciente e permaneça sempre na sua busca, que na hora certa tudo deve acontecer;
  8. Procure praticar o altruísmo e lembre-se sempre que só podemos oferecer as outras pessoas aquilo que temos, caso você não permaneça no caminho da verdadeira bondade e da real caridade, então os seus guias se afastarão de você. Mantenha-se no caminho;
  9. Potencialize os seus dons, aquilo que você tem de melhor, que você tem facilidade em ofertar para as pessoas. Trabalhe-os e desenvolva-os, pois eles são muito importantes neste processo;
  10. Encare a vida com propósito. Busque uma compreensão profunda da sua existência. Compreenda que você está aqui por algum motivo muito especial e que tem uma missão a ser cumprida. Quando você começa a olhar com propósito para o seu caminho, então todas as coisas começam a fluir com facilidade para você, inclusive o desenvolvimento da sua intuição e sensibilidade, que é primordial para se desenvolver também a sua mediunidade. Pratique o propósito.

Deixe uma resposta