▷ Histórias Infantis Curtas Que Toda Criança Deve Conhecer

▷ Histórias Infantis Curtas Que Toda Criança Deve Conhecer

Algumas histórias infantis são curtas e muito fácil de serem contadas as crianças. Existem centenas dessas histórias por aí, mas algumas delas são muito especiais, porque se tornaram grandes clássicos das histórias infantis.

Se você gosta de ler boas histórias para os seus filhos, precisa conferir as histórias que nós trouxemos nesse artigo. Aproveite para ler e compartilhar com as crianças, estimulando a criatividade e a imaginação dos pequenos.

Confira.

O Arco Íris

arco-íris desenho

Essa é a história de 7 irmãos coloridos e muito unidos. Cada um dos irmãos tinha um nome que também era o nome de uma cor. Eram elas: vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo, azul e rosa.

Certo dia os irmãos criaram uma grande briga e então resolveram se separar. Assim, cada um foi para um lado. Chuva veio, chuva se foi, e nada dos sete irmãos se juntarem novamente.

As pessoas que gostavam de ver os irmãos coloridos sempre juntos, notaram que eles desapareceram e por isso começaram a ficar preocupadas e tristes. Com o tempo, as pessoas pararam de olhar para o céu procurando os irmãos coloridos. Os irmãos também começaram a perceber que as pessoas já não olhavam mais para eles e foram ficando muito tristes. Eles se perguntavam qual era o porquê disso.

Foi então que o irmão amarelo, que sempre foi muito esperto, resolveu perguntar às pessoas por que elas pararam de olhar para eles.

Foi então que uma pessoa respondeu: Antes nós olhávamos para o céu e conseguíamos ver nele todas as cores. Sabíamos que tudo iria ficar bem. O calor que tantas cores unidas no transmitia, era de uma beleza mágica e deixava os nossos corações quentinhos. Separados, não os encontramos mais no céu e nem temos para onde olhar.

Então, os irmãos coloridos se deram conta de que juntos eles brilhavam, mas separados eles não podiam fazer isso. Precisavam estar sempre juntos. Foi então que o arco íris voltou a brilhar no céu.

A Cigarra e a formiga

desenho da cigarra e da formiga

Era uma vez a história de uma cigarra e de uma formiga. As duas viviam se encontrando, pois a formiga passava o dia todo trabalhando em um lugar muito próximo onde a cigarra costumava ficar.

A formiga trabalhava insistentemente carregando folhas para se abastecer para a chegada do inverno, mas a cigarra não tinha nenhuma preocupação com isso e preferia usar o seu tempo para cantar, dançar e relaxar.

A cigarra convidava a formiga para descansar um pouco, mas ela nunca aceitava e continuava o seu trabalho.

Quando o inverno chegou, a cigarra começou a sentir muita fome, mas não conseguia encontrar alimento. Então, ela se lembrou da formiguinha que passava todos os dias carregando comida e foi até a casa dela. Ao bater, a formiga atendeu a cigarra e aceitou lhe dar comida. Mas, fez questão de lembrar a cigarra que enquanto ela trabalhava, ela estava só a descansar e por isso que agora não tinha o que comer.

Então, a cigarra começou a cantar uma canção que deixou a formiguinha muito feliz, então ela resolveu dar abrigo para a cigarra durante o inverno se ela pudesse continuar cantando.

A formiga entendeu que cada um pode ter a sua função e que todo mundo pode se dar bem do seu jeito.

A lebre e a tartaruga

desenho da tartaruga e da lebre

Hoje vou te contar uma história de uma dupla muito distinta: a lebre e a tartaruga.

A tartaruga estava cansada de ser caçoada pela lebre que tirava sarro da sua lerdeza.

De saco cheio, a tartaruga resolveu fazer uma aposta, e convidou a lebre para a disputa de uma corrida. A lebre aceitou prontamente, afinal correr era com ela mesmo.

Todos os animais do bosque ficaram sabendo e vieram conferir a disputa.

A tartaruga começou passo-a-passo a disputa, enquanto a lebre muito tranquila e confiante da sua vitória, resolveu descansar um pouco. Afinal, a sua vitória já estava garantida.

Foi assim que a tartaruga atravessou a linha de chegada. Todos os animais ficaram muito felizes e aplaudiram a vitória da tartaruga. O barulho das palmas acordou a lebre que retomou a sua corrida, mas aí já era tarde demais. Ela duvidou da sua adversária e por isso perdeu a corrida.

O Leão e o rato

o leão grandão e o ratinho desenho

A história do Leão e do rato é uma história que ensina que para quem faz o bem, isso sempre será retribuído.

Uma família de ratinhos saiu para passear pela floresta, mas acabou passando por cima de um grande leão que dormia no bosque. Os passinhos pequeninos dos ratinhos fizeram cócegas no leão que acabou acordando muito bravo por terem interrompido o seu descanso.

Os pequenos ratinhos fugiram desesperadamente, porém um deles não conseguiu fugir e acabou sendo pego pelo Leão que o prendeu embaixo de sua pata.

O Leão estava a pensar o que ele faria com aquele ratinho, quando o pequenino rogou para que o Leão tivesse pena dele e o deixasse ir embora. O ratinho prometeu que jamais faria aquilo de novo e que se algum dia o leão precisasse dele, ele iria retribuir o seu ato de bondade.

Comovido com o pedido do rato, o Leão deixou que ele fosse embora.

A vida dos dois seguia normalmente quando um dia surpreendido por caçadores o Leão foi pego. Os caçadores tinham o objetivo de enviar o leão para um zoológico e o amarram em uma árvore usando cordas e redes para irem buscar uma condução que pudesse levar o animal embora.

Quando o Leão menos esperava, passou por ali o rato que ele havia deixado ir. O ratinho, ao ver a situação deprimente do Leão que não conseguia se soltar das cordas, resolveu que era o momento de retribuir o gesto do Leão, e foi roendo as cordas até conseguir libertá-lo.

O Leão, ao ver o ato do pequeno ratinho percebeu que ele tinha cumprido a promessa que fez de retribuir o seu gesto. A bondade atrai a bondade e tudo o que nós fizermos de bom, um dia será retribuído.

Deixe uma resposta