▷ Kawaii Significado – Tudo o’que você precisa saber

▷ Kawaii Significado – Tudo o’que você precisa saber

Ta a fim de descobrir o significado de Kawaii? Então confira esse post até o final que nós vamos te falar todos os detalhes sobre essa palavrinha que virou uma cultura no Japão.

O que significa a palavra Kawaii?

Kawaii é um termo em japonês utilizado como adjetivo para designar algo que é fofo, adorável, lindo, bonito, etc.

Essa palavra surgiu através dos jovens japoneses que usam ela para fazer elogios aos personagens de mangás e animes. Nas, o termo também se espalhou pelo Ocidente, onde Otakus, que são os fãs dos mangás e animes, usam para referenciar animais, roupas, bichos de pelúcia e até pessoas que para eles são fofinhas.

Pessoas com comportamento mais infantil e tímidas também são qualificadas com esse termo.

Mas, para além de um simples objetivo, Kawaii passou a representar uma idolatria por roupas e por comportamentos considerados “fofinhos” que passou a fazer parte do estilo de vida dos jovens japoneses e que também foi importado pelos brasileiros através dos mangás e dos animes.

Origem e história do estilo Kawaii

Conta a cultura japonesa que essa é uma cultura que já existia entre 1603 e 1868, onde em conhecidas xilogravuras chamadas de dijinga, eram representadas garotas bonitas. Esse período era conhecido como Edo e quando ele se findou, artistas já estavam trabalhando com ilustrações que então deram origem ao termo Kawaii.

Os artistas Katsuji Matsumoto e Yumeji Takehisa foram os primeiros a ficarem conhecidos com ilustrações de garotas fofas. Eles costumavam desenhar garotas com olhos grandes, o que chegava a ser considerado com algo vulgar.

O kawaii como um conceito estético, começou a se espalhar na década de 70, quando a economia japonesa começou a crescer e a comercialização dos produtos que tinham relação com personagens de animes, mangás e mascotes começou a acontecer.

As ilustrações shoujo, que era aquelas das meninas fofas com olhos grandes e os mangás, foram os grandes responsáveis por Kawaii se tornar um fenômeno.

A principal representante desse grande boom da fofura no Japão foi a personagem da Hello Kitty.

Os japoneses, de todas as idades, gostam muito de personagens e elementos fofos. Lá, eles podem ser vistos em todos os tipos de lugares, sejam nas roupas, nos mercados, nas propagandas, em vídeo games, nos carros, nos aviões, nas grandes empresas, em todos os lugares.

Portanto, tudo aquilo que é fofo, que é gracioso, que é considerado adorável e infantil, pode ser chamado de kawaii.O termo geralmente está associado com aquilo que parece invocar uma necessidade de proteção, de cuidado.

Kawaii e a infância

O Kawaii tem uma grande relação com a infância e isso não é à toa. As roupas da moda kawaii possuem muitos elementos que remetem ao infantil como rendas, mangas bufantes, tons pastéis, estampas fofas e assim por diante.

Essa é uma forma que a juventude japonesa encontrou para se manifestar, de forma não agressiva, contra os valores pregados pela sociedade do país.

O Kawaii é uma idolatria a infância, pois quando se é criança existe a liberdade individual, algo que é perdido quando se atinge a vida adulta, que passa a ser marcada por trabalho duro e muitas restrições.

É como se no meio da agressividade do cotidiano, o kawaii fosse um alento, um escape, para se lembrar da doçura que é ser criança.

Em tempos onde as pessoas estão cada vez mais isoladas umas das outras com menos tempo para se divertirem, o consumo de produtos da cultura kawaii é visto como uma forma de amenizar também a solidão e aliviar os sintomas de estresse e ansiedade.

Onde vemos a cultura kawaii no Japão?

Se você visitar o Japão saiba que não será difícil identificar a cultura Kawaii, pois ela está por todos os lados. Basta que você entre em alguma loja e vai encontrar milhares de opções de presentes e lembrancinhas que remetem a cultura kawaii. E não são apenas nos produtos que estão a venda, todas as campanhas de publicidade são fofas também.

Existem muitos personagens fofos que são utilizados pelas marcas para expor os seus produtos. Até mesmo as prefeituras do Japão, que são um total de 47, possuem mascotes fofinhos.

O correio do Japão usa mascotes nos seus selos. Nas estradas do país, podem ser vistos caminhões que possuem a estampa da Hello Kitty. Até mesmo os postos policiais têm os seus mascotes fofos.

Existem pessoas que vivem tão intensamente essa cultura que acabam se vestindo diariamente com roupas da cultura kawaii.

E não é apenas no Japão que a cultura Kawaii faz tanto sucesso, ela possui adeptos no mundo todo, inclusive no Brasil, existe uma legião de fãs que gostam não apenas dos personagens, mas de roupas, acessórios, estampas, perucas e todo tipo de produto que lembre a fofurice japonesa.

Existem até mesmo encontros e eventos para reunir pessoas que também são fãs desse mesmo estilo, assim como comunidades na internet. O estilo Kawaii é adorado no mundo todo e encanta os quatro cantos do mundo com seus personagens e todo o seu encanto.

Sub-culturas do Kawaii

O estilo kawaii é tão amplo que possui sub-culturas. Dentre elas está o burikko, um movimento que se tornou popular entre meninas com 12 até 18 anos que nos anos 80, agiam e falavam de forma inocente e infantil.

Mas, ainda existem o Gurokawaii que representa coisas que são fofas e ao mesmo tempo grotescas. Kimokawaii, que se refere a coisas que são fofas e ao mesmo tempo assustadoras.

Busokawaii representa aquilo que é feio, mas que não deixa de ser fofo, ou alguém que tenta ser kawaii, mas continua sendo feio.

Erokawaii mistura fofura com coisas sexys. E Shibukawaii refere-se a um estilo de kawaii um pouco mais casual, ou seja, a pessoa está sempre bonita todos os dias, sem precisar se fantasiar para isso, ou seja, ela é naturalmente kawaii.

A maioria dos estilos no Japão carregam um pouco do kawaii. É uma forma de expressar a fofura e a doçura que se necessita do dia a dia daquele país.

Deixe uma resposta