5 Lições do Pequeno Príncipe Que Te Ensinarão Sobre o Amor

5 Lições do Pequeno Príncipe Que Te Ensinarão Sobre o Amor

Amar não é fácil. Aprendemos muito sobre o amor ao longo de nossas vidas e as contradições são infinitas. Desde a adolescência em que acreditamos que, se uma pessoa gostou de nós, é sobre o amor, até mesmo a dor da decepção quando a pessoa que amamos decide ir embora.

Cada batalha, cada perda e cada desapontamento nos ensinam lições valiosas sobre um dos sentimentos mais complexos da humanidade. Todos pensam que estão aptos a falar sobre o amor e que todos nós, até certo ponto, experimentamos isso. No entanto, há lições reconhecidas que emergem dos lugares mais inesperados, como um livro infantil.

“O Pequeno Príncipe” é mais do que um livro infantil de meados do século XX. É um guia para aprender a amar os outros e a si mesmo.

A história de um piloto, uma rosa, uma raposa e o Pequeno Príncipe nos ensinam grandes lições de vida, mas acima de tudo, uma lição de amor.

1. Nunca julgue uma pessoa pelo seu passado

“É muito louco odiar todas as rosas só porque apenas uma delas te perfurou. Desistir de todos os sonhos só porque um deles não foi realizado”.  

Às vezes nos machucam de tantas maneiras que a pessoa certa pode chegar e nós a evitamos apenas por causa da dor que alguém nos causou. Nós não podemos deixar o passado cegar nossa esperança para o futuro. Cada pessoa é diferente e cada um tem diferentes intenções e reações.

2. O amor certamente é a coisa mais importante da vida

“Aqui está o meu segredo, ele é bem simples: só com o coração você pode enxergar direito; o essencial é invisível aos olhos”. 

Talvez essa seja a frase mais famosa do livro. Na verdade, o essencial é invisível para os olhos. Do amor que alguém inesperado cresce em nós ao apego que temos às coisas materiais.

Nós sempre dependemos de nossos olhos, mas precisamos de muita sabedoria para entender que o que é realmente valioso é o que o coração dita.

3. Você deve respeitar a liberdade das pessoas que você ama

“Mas se você me abrigar, precisaremos um do outro. Para mim, você será único no mundo. Para você, serei único no mundo”.  

Seria bom dizer que os jovens querem possuir as pessoas que amam.

Infelizmente, há muitas pessoas mais velhas que apenas querem possuir e, infelizmente, se perdem da verdadeira alegria do amor, a liberdade. Se alguém está com você é por convicção e amor, não deve estar sob condições, chantagem, medo ou necessidade.

O amor nasce da liberdade e é aí que se manifesta melhor.

4. Avalie o tempo que você morou com alguém mesmo se você tiver ido embora

“Foi o tempo que você passou com sua rosa que a tornou tão importante.”

Um relacionamento é cheio de altos e baixos e muitas vezes amamos pessoas que deixarão nossas vidas.

Não devemos guardar rancor pelo que fizeram conosco, pelos maus momentos que às vezes parecem pesar mais do que os bons.

O melhor é viver com uma boa memória daquela pessoa, as coisas que valeram a pena e o que as levou a ficar juntas e ficar juntas por tanto tempo. Já não é mais o seu presente, então não deixe que isso arruíne o seu passado.

5. Cada pessoa pode ser a mais especial da sua vida

“Ela não era mais do que uma raposa semelhante a cem mil outras. Mas eu fiz dela minha amiga e agora ela é única no mundo”.

Encontrar a pessoa certa é um processo lento e difícil, mas é quando você para de procurar pela pessoa certa. O melhor de tudo, depois de milhares de histórias de amor impossíveis e únicas, você percebe que o amor nasce se for permitido, por isso às vezes a pessoa certa esteve perto de você por toda a sua vida.

Deixe uma resposta