▷ 27 Nomes De Demônios Femininos (Lista Completa)

▷ 27 Nomes De Demônios Femininos (Lista Completa)

Você sabia que existem uma série de demônios femininos? Entenda quem são elas e como elas agem na lista completa com nomes de demônios femininos que trouxemos para você logo a seguir.

O que são demônios?

De acordo com muitos registros, demônios são criaturas malignas que nas culturas pelo mundo e nas mais diferentes religiões causaram grandes danos através de seus poderes malignos, como a morte, a sedução, crises, pecados, situações de horror e influência maligna sobre as pessoas.

Os primeiros registros sobre a existência deles encontram-se na Mesopotâmia, no Egito e na Pérsia. A eles foram atribuídas catástrofes naturais, guerras e doenças que dizimaram populações.

Existem demônios medievais e demônios modernos. A maioria deles possuem forma masculina, mas existe uma série desses demônios que tem forma feminina.

Essas demonizas geralmente tem a forma de mulheres, mas conseguem tomar também outras formas como as de animais (gato, serpente, peixes), ou mesmo de criaturas doces como crianças e mulheres. Geralmente usam-se de outras imagens para enganar e seduzir as suas vítimas, levando-as até locais para sua execução.

Algumas, forma consideradas demonizas por seduzir homens e até mesmo grandes religiosos do mundo.

Conheça a seguir quem são as 27 demonizas mais conhecidas em todo o mundo e o que cada uma delas fez.

27 Nomes de demônios femininos mais conhecidos

demoniza feminina com uma cobra

1. Abyzou: Eram demonizas consideradas inférteis. Então, como não podiam ter seus filhos e movidas pela forte inveja, elas provocavam aborto em mulheres grávidas quando elas dormiam. Se não conseguissem esse feito, então matavam os bebês quando eles nasciam. Geralmente são demonizas representadas por uma serpente ou algum outro ser aquático.

2. Aélis: É um demônio feminino da Beleza e da Fúria. Antes de se tornar um demônio, se tratava de um anjo. Porém, foi expulso do céu por conta de sua tamanha vaidade.

3. Ardat Lili: Uma demoniza vista nas culturas hebraica, assíria e babilônica. Seu nome quer dizer Senhora da desolação. Um espírito voador que tem asas de vento. Para os hebreus trata-se de uma mulher em forma de coruja. Causa danos aos humanos, tempestades, atrai os homens para mata-los, causa danos até mesmo em crianças e mulheres grávidas. Muitos consideram que ela era a mãe de Lilith.

4. Asmodeus: É também um espírito feminino. A lenda conta que foi esse o espírito que atentou Eva para que ela comesse a maçã.

5. Astaroth: É a Deusa fenícia da Lascívia, equivalente de ishtar da Babilônia.

6. Bast: é uma Deusa egípcia que é representada pela figura do gato.

7. Batbat: Um demônio do folclore ilocano que assume uma forma bem gorda. É pacifica, porém se alguém tentar cortar a árvore onde ela vive, então se torna um demônio vingativo.

8. Damballa: é uma deusa em forma de serpente, representa o Vodu.

9. Demônio do meio dia: É um demônio feminino que tem origem eslava. Surge nos campos ou em outros locais abertos no verão, geralmente na hora mais quente do dia. Costuma aparecer com a aparência de mulher ou criança, questiona trabalhadores que quando erram suas perguntas são decapitados.

10. Diana: Considerada um demônio, ela é a Deusa semítica da caça, muito adorada em Éfeso.

11. Empusa: Essa demoniza é considerada como sendo a guardiã de Hades. Pode assumi a aparência de vários animais como vacas e cachorros, mas também pode surgir como uma bela mulher. Ela atrai as suas vítimas nas noites de lua cheia para locais desertos onde bebe o seu sangue e depois as come.

12. Hécate: Hécate era uma Deusa grega, porém considera infernal por que tinha relações com a magia negra.

13. Ishtar: É a deusa da fertilidade da babilônia, também considerada demoniza.

14. Kali: é a filha de Shiva, Indu, uma alta sacerdotisa.

15. Lilith: Ela era considerada como sendo a mãe de todos os outros demônios, a rainha dos súcubos.

16. Maia: Maia que também era considerada como uma Deus nas lendas, na verdade era uma deusa etrusca do inferno.

17. Mania: Considerada como uma deusa intrusa do inferno.

18. Mara: Um demônio feminino que existe no budismo, contam que ela tentou Buda, tentando seduzi-lo.

19. Metzli: Era uma Deusa asteca da Noite.

20. Nahemah: Essa demoniza nada mais era do que a filha primogênita de Lilith e Lúcifer. Considerada como sendo a princesa dos súcubos, demônios que seduzem suas vítimas através dos sonhos para fazer sexo com eles. Dominadora da arte da luxúria e com grande poder de influência sobre os homens.

21. Nielis: Ela era uma humana, que foi preparada por forças de Baal para então se tornar uma demoniza poderosa de forças desconhecidas e ocultas. Ela é protegida por Leonardo, que vive num eterno confronto com baal, que em proteção já escapou da morte por duas vezes. Ela é uma guerreira ainda muito desconhecida e bastante misteriosa, também conhecida como Mila, seu nome de quando ainda era humana e não pode ser afetada por nenhum demônio. Ela foi condenada à morte por seu envolvimento com Leonardo.

22. Pontianaks: pertencente a mitologia da indonésia, são espíritos de mulheres que morreram no parto. Quando se aproximam produzem um forte aroma de flores, mas que muda rapidamente para o cheiro de podridão. Se alimentam dos órgãos das pessoas, especialmente de homens. Quando são homens que causaram algum tipo de violência, elas fazem vingança.

23. Proserpine: É a rainha grega considerada comandante do mundo subterrâneo.

24. Queres: São Deusas da mitologia grega que está associada com mortes violentas. Elas se alimentavam de cadáveres de guerra.

25. Súcubo: São demônios que tem forma de mulher e que invadiam o sono de muitos homens, fazendo com que eles traíssem as suas esposas.

26. Tunrida: Trata-se de um demônio feminino de origem escandinava.

27. Yriskele: Esta é a assassina que matou o Anjo Dariel. Ela utilizou a face dele, utilizando-a como se fosse sua e matou pelo menos cem serafins. É uma demoniza que faz contratos, porém contam que aquele que faz um contrato com ela, não sobrevive mais do que 5 anos, mesmo que seja inocente.

Deixe uma resposta