Esta Bela Lenda Conta a Origem Dos Sentimentos – Vale a Pena Ler!

Esta Bela Lenda Conta a Origem Dos Sentimentos – Vale a Pena Ler!

Essa maravilhosa história nos ensina muito sobre a natureza de nossos sentimentos e motivações.

A lenda dos sentimentos é frequentemente atribuída a Mario Benedetti, que realmente não a escreveu. Foi dito que é uma versão corrigida de uma história de outro autor.

Realmente não é importante quem escreveu, o que importa é que é uma linda história que nos deixa um grande ensinamento.

Diz a lenda que em algum lugar da Terra as diferentes virtudes e vícios dos humanos se uniram. O TÉDIO começou a infectar os outros, então a LOUCURA convenceu todos a brincar de esconde-esconde.

Um deles estava interessado e a CURIOSIDADE perguntou sobre isso. A SABEDORIA dizia que era um antigo divertimento, só precisava de alguém para cobrir o rosto, contar até um milhão, e os outros escondiam e depois eram encontrados.

De repente, o ENTUSIASMO e a EUFORIA começaram: eles adoraram a ideia do jogo. A FELICIDADE chamou todos para participar, e até mesmo a TRISTEZA, que estava sempre longe de tudo e de todos, expressou o desejo de entrar no jogo.

Quando LOUCURA começou a contar, SOBERBA disse que o jogo era muito bobo, mas a verdade é o que o deixou incomodado foi que LOUCURA que inventou o jogo.

PREGUIÇA começou a cansar e decidiu se esconder atrás da pedra mais próxima. TRIUNFO, decidiu se esconder na árvore mais alta, enquanto atrás estava INVEJA. Enquanto isso acontecia, começou a voar e se escondeu nas nuvens, algo que somente poderia alcançar.

A GENEROSIDADE, por outro lado, estava muito preocupada com aqueles que não conseguiam encontrar um esconderijo, por isso ajudou quase todos.

O EGOÍSMO, por outro lado, encontrou um esconderijo em uma caverna e não contou a ninguém.

Quando LOUCURA terminou de contar, a primeira que encontrou foi PREGUIÇA, que estava a três passos dela, e então encontrou PAIXÃO e DESEJO, que estavam escondidos no fundo dos vulcões. A próxima a ser encontrada foi MENTIRA, que era tão enganadora que a fez acreditar que ela estava debaixo d’água, mas na realidade ela estava no meio do arco-íris.

Ele seguiu o rastro do ESQUECIMENTO, mas ele esqueceu que estava participando da brincadeira.

Quem não conseguira esconder até então era o AMOR, que tentava ficar entre alguns arbustos quando LOUCURA se aproximava. LOUCURA não era estúpida, então ela imaginou que o AMOR havia escondido nas rosas.

Como as roseiras tinham espinhos, LOUCURA pegou um garfo e começou a empurrar. De repente, ela ouviu um grito de dor. Ela machucou os olhos de AMOR e, naquele momento, LOUCURA pediu ajuda a PERDÃO e se ofereceu para ser seu guia para sempre. Desde então, o amor é cego e a loucura o acompanha.

E você já ouviu isso? Esta é uma história muito popular contada principalmente para crianças, e embora pareça uma fantasia, realmente nos ensina muito sobre a natureza das pessoas e os sentimentos que motivam suas ações.

Vale a pena compartilhar! SALVE NO PINTEREST

Deixe uma resposta