7 Ótimas Dicas Para Cultivar a Paz Interior

7 Ótimas Dicas Para Cultivar a Paz Interior

Você quer alcançar a serenidade que vem da paz interior?

Hoje vivemos em um mundo acelerado, onde temos preocupações de todos os tipos que nos exigem muito!

Sempre queremos dar cem por cento no trabalho, no relacionamento, na família, com os amigos, quando não somos capazes de atender às nossas expectativas, isso nos faz ter estresse e ansiedade.

Aí está a importância de alcançar a paz interior, porque as pessoas que a cultivam vivem uma vida mais agradável.

São eles que fazem a diferença entre viver feliz ou não.

Neste artigo vamos te ajudar a cultivar a paz interior, com sete ótimas dicas. Confira:

Sete ótimas dicas para cultivar a paz interior

1. Escute seu próprio silêncio

Existe uma forma de meditação que consiste em ouvir profundamente o próprio silêncio.

É importante que pratiquemos regularmente um jejum de palavras para educar o ego, já que ele tem um mau hábito de não ficar em silêncio e falar o tempo todo.

Para realizar a meditação, devemos escolher bem o momento, pois é necessário que nos encontremos sozinhos, em um lugar onde reine a paz e o silêncio.

Neste momento, deixe seus ouvidos abertos e relaxados, fazendo pouco a pouco se tornarem verdadeiras antenas receptoras e conseguir captar o menor som que você puder ouvir. Continue ouvindo e ouça a batida do seu coração.

2. Aprenda com sua respiração

Pare para pensar por alguns segundos no ato de respirar… Toda vez que você expira, você se liberta e confia cegamente e intuitivamente que outra inalação virá em breve, o que nos mantém vivos.

Este ato é tão mecânico e nós assumimos que não paramos para pensar e refletir que temos muito a aprender com isso. Está nos dando um ótimo aprendizado:

“DEIXE IR, UM NOVO VIRÁ QUE SEMPRE O MANTERÁ VIVO”

Veja que mensagem mais sábia nos é dada a cada poucos segundos e, no entanto, muitas vezes insistimos em nos apegar a coisas, pessoas e situações que, além de não serem essenciais, nos prejudicam.

3. Observe seus pensamentos

Tente contemplar o fluxo da mente, observando os pensamentos como uma testemunha. Onde um pensamento termina e onde começa o próximo?

No momento em que você é capaz de separar os pensamentos, você perceberá que existe um espaço entre eles.

Trabalhe para ter consciência do aumento desse espaço de forma gradual, nunca se force a expandir, apenas aja como uma testemunha e observe.

Quanto mais prática você tiver para observar o espaço entre os pensamentos, verá que aumentará naturalmente e, dessa maneira, poderá esvaziar sua mente para preenchê-la de uma forma consciente e chegar cada vez mais perto da felicidade.

4. Esteja ciente de seus sentidos

Use seus sentidos completamente.

Tente estar presente no lugar onde você está. Olhe em volta e observe.

A qualidade com que os sentidos mostram à nossa mente o estímulo recebido é muito importante para a tomada de decisões, e os cinco sentidos são os canais para o mundo, para sua beleza, para uma vida complacente e significativa. Eles são o canal para elevar a consciência.

Seus olhos, seus ouvidos, seu cheiro, tato e paladar despertam em você sensações de natureza diferente que tornam a vida especial e cheia de surpresas.

Para isso, um bom exercício é estar ciente do que seus sentidos oferecem, estar cônscio da presença silenciosa das coisas, prestar atenção sem interpretá-la.

5. Aumente os pensamentos positivos

Seus pensamentos têm grande poder quando se trata de influenciar seus comportamentos e suas experiências.

Muitas vezes, damos esse poder aos nossos pensamentos no momento em que falamos sobre situações que aconteceram ou que pensamos que acontecerão, e neste momento, estamos criando um impacto emocional em nosso interior.

Os pensamentos são energia pura que transmitimos e que, como um bumerangue, retorna para nós.

Assim, se pensarmos positivo, a positividade nos retornará, mas se ao contrário pensamos em negativo, você já sabe o que vai voltar para nós.

6. Pratique a aceitação perfeita

Mantenha sua mente dedicada ao presente, ao aqui e agora. Um minuto de prática é um minuto gerando energia para ser consciente que irá te ajudar a ser livre.

Para ser uma pessoa completa, você não precisa de algo extraordinário, mas aceitar o que vem a você.

Aproveite cada momento e apenas o momento, com a mente centrada no que você está fazendo no agora.

Se, por exemplo, você está tomando café, pense no café, no cheiro, no sabor, em como cada gole começa a passar pelo corpo e já faz parte de você.

Dedique esse momento ao café, não pense nos projetos, o que alguém te disse… liberte esse momento, se sinta à vontade para curtir.

7. Mude suas crenças

Se liberte das velhas crenças sobre si mesmo. Escreva os adjetivos que caracterizam você no papel, quem você pensa que é?

Desde que éramos pequenos, estivemos programando com uma mensagem definindo o padrão com o qual nos comportamos hoje.

Tente transformar todos os pensamentos negativos que os tornaram parte de você, que você definiu até agora, mas que não fazem mais parte de você.

Diga para si mesmo: “Eu vou aproveitar o tempo e relaxar cheio de energia e sou capaz de realizar tudo o que proponho”

Faça o exercício de repetir as novas mensagens dez vezes ao dia, até que elas realmente façam parte de sua crença.

Deixe uma resposta