Psicologia Das Cores: Significado e Curiosidades De Cada Cor

Psicologia Das Cores: Significado e Curiosidades De Cada Cor

Falar sobre a psicologia da cor é falar sobre emoções. 

É um tipo de linguagem capaz de evocar sensações de prazer, bem-estar, inquietação ou vitalidade. 

É um universo que vai além do mundo do marketing e que, muitas vezes, nutre suas raízes em experiências pessoais, em nossa infância e em um simbolismo psicológico que a ciência sempre tentou desvendar.

Se há uma coisa que está clara é que essa cor tem muito a ver com nossas preferências pessoais, com nossas experiências, educação e até mesmo com nossas diferenças culturais. 

No entanto, aqui vem talvez o mais interessante de todos, é que temos um grande número de estudos que explicam como as pessoas reagem a determinadas cores ou quais são, em média, as mais apreciadas.

Como curiosidade, podemos avançar um único dado: a cor mais apreciada, em média, é o azul.

Psicologia da cor:

A cor estimula nosso cérebro de maneiras muito diferentes. Tanto que, no passado, egípcios e chineses usavam o efeito da cor com a ideia de curar e favorecer certos estados de consciência ou promover um estado emocional particular. 

Também a antiga arte tomou muito boa escolha de cores, vermelho foi para a reflexão egípcios da vida na Terra, a vitória e também a raiva ou fúria dos deuses hostis como Seth ou Apophis.

A cor, em essência, é muito mais que um fenômeno óptico. Todos têm seu próprio significado, todos criam um impacto específico em nosso cérebro e, portanto, a psicologia da cor é hoje uma ferramenta básica e essencial.

Significado e curiosidades de cada cor

O azul

A cor azul é a mais utilizada nas empresas por ser produtiva e não invasiva.

É uma cor que sugere uma sensação de segurança e confiança em uma marca.

Provou-se que o azul inibe o apetite, por isso evita-se fazer marketing de comida com essa cor.

É a cor da harmonia, fidelidade e simpatia.

É a cor mais fria, mas ainda está ligada ao conceito de espiritualidade e fantasia.

Existem 111 tons de azul.

É uma cor primária e, para os pintores, o tom mais valorizado do azul é o “azul ultramarino”. Foi o mais caro, mas o que deu às pinturas uma vivacidade excepcional.

O vermelho

O vermelho também é um dos mais utilizados no marketing: ele se destaca do resto na gama de cores e é usado para atrair a atenção.

Aumenta o ritmo cardíaco e cria uma necessidade de urgência, perigo ou imediatismo.

É usado para estimular o apetite e favorecer as compras por impulso.

Representa o amor, mas também o ódio.

É a cor dos reis, da alegria e do perigo.

Representa sangue e vida.

É uma cor dinâmica e sedutora capaz de despertar nosso lado mais agressivo.

O amarelo

Em marketing, representa otimismo e juventude.

Ele mostra clareza e é frequentemente usado para chamar a atenção para certos produtos nas vitrines.

Você não pode abusar desta cor nas lojas, porque rapidamente irrita os olhos. Assim, é geralmente usado mais nas prateleiras periféricas do que nas prateleiras centrais de uma loja.

Alguns estudos mostram que tons amarelos intensos causam choro em bebês.

Para os especialistas em psicologia das cores, o amarelo é uma cor contraditória: representa tanto o bem quanto o mal, o otimismo e o ciúme, a compreensão e a traição.

Ilumina e favorece a criatividade.

É uma cor masculina e na China representava instituições imperiais.

Verde

Verde é a cor do crescimento, renovação e renascimento.

Está associado à saúde, natureza, frescor e paz.

Favorece a resolução de problemas, bem como liberdade, cura e tranquilidade.

O verde opaco representa o dinheiro, o econômico e a burguesia.

Existem mais de 100 tons de verde.

Também representa o amor incipiente.

É uma cor que serve para relaxar, na verdade, é útil para pessoas que estão passando por uma depressão.

O preto

A cor preta é associada a elegância, sigilo, mistério e também poder.

Gera emoções fortes, é uma cor autoritária.

No mundo da moda, considera-se que estiliza e confere sofisticação.

Existem 50 tons de preto

Também simboliza o fim de algo, morte, perda.

No passado, ele representou os sacerdotes, agora os conservadores.

No mundo da física, o preto é aquele que tem a propriedade de absorver 100% da luz incidente e, portanto, não reflete qualquer comprimento do espectro, razão pela qual ao longo da história Cor preta como algo associado ao perigo, mal ou além.

O branco

A cor branca simboliza inocência e pureza.

Representa o começo, a vontade de começar algo novo.

Traz amplitude e honestidade para um espaço, bem como uma sensação de paz, cura e tranquilidade.

Está associado à perfeição.

Existem 67 tons de branco.

O colarinho branco na roupa simboliza o status.

O roxo

Em marketing, é frequentemente usado em produtos de beleza ou antienvelhecimento.

Fornece calma

Muitas marcas usam para representar criatividade, imaginação e sabedoria.

Está associado ao feminino, magia e espiritualidade.

Existem 41 tons de violeta.

Usado intensivamente, gera ambivalência: não se recomenda pintar salas, quartos ou lojas com essa cor.

Violeta também simboliza poder, mas também ambiguidade.

O laranja

No marketing, é associado ao entusiasmo pelas compras, reflete emoção e calor humano.

No entanto, se um tom laranja intenso é usado, ele pode ser associado à agressão, portanto, devemos tomar cuidado para que o tom seja suave, amigável e confortável.

É um dos favoritos no mundo da publicidade porque incentiva a compra.

Está associado à transformação e ao budismo.

Laranja não só favorece emoções positivas, mas também gera sensações de “sabor”.

Rosa

Simboliza o charme e a cortesia.

Em marketing, está associado ao mundo das crianças ou ao romantismo.

É o tom de ternura erótica.

Simboliza o terno, o infantil ou o pequeno.

Como apontamos no início, o impacto de cada tom às vezes responde a parte de nossas experiências. No entanto, comercialmente e no nível artístico, esses fundamentos são sempre úteis e eficazes.

Deixe uma resposta