Quem Deixou Meus Pais Envelhecerem? Todos Os Filhos Devem Ler Essa Importante Mensagem

Quem Deixou Meus Pais Envelhecerem? Todos Os Filhos Devem Ler Essa Importante Mensagem

Meus pais que já tem a idade avançada, não podem ser chamados de velhos. O termo velho é muito relativo. Os olhos da minha avó são jovens e aos olhos de seus amigos, são totalmente normais.

Pelo opinião de minhas sobrinhas já são muito velhos mas aos meus olhos, estão em processo de envelhecimento. Não sei exatamente em qual velocidade, se envelhecem no tempo certo ou não.

Mas, a estranheza inevitavelmente sempre me provoca. Lembro do susto que levei quando me dei conta de que minha mãe completava 60 anos. Os 59 anos tiveram pouco efeito, mas os 60 anos… veio como um tsunami chegando.

Ela vai fazer 70 daqui à alguns anos e espero que eu não fique tão impressionada pois são somente números! Temos uma dificuldade enorme de combinar o espírito do filho já adulto com o progresso da velhice dos pais.

Sempre tivemos por costume, quando criança, de que eles eram super heróis invencíveis. Dores, gripes… nada disso os abatiam. Mas nós, ah! Qualquer gripe, machucado, dor… Eram urgência para hospital! E somos pegos com os papéis se invertendo.

Nosso cuidado com nossos pais chega a ser tão exagerado que chega ao ponto de ser até irritante. Aquela tosse da mamãe por causa de uma poeira, se torna motivo para uma bateria geral de exames já!

Os passos que eles dão com calma e lentidão aos nossos olhos, dão a impressão de limitação em andar. Esquecer de pagar uma conta já soa como um alarme de que algo está errado.

Isto pode chegar a um ponto de mistura de sentimentos sem sabermos se não estamos realmente sabendo lidar com esta fase da vida deles ou se estamos constantemente em extrema pressão com o medo de perdê-los, mesmo que isso possa demorar 20, 30 anos.

A irritabilidade que temos com os pais por eles não se comportarem da mesma forma e vigor como eram quando mais jovens, nosso inconsciente quer que sejam ativos eternamente. Até damos bronca, mas no culpado errado.

O culpado é o vilão chamado tempo. O tempo que serve para resolver muitos problemas também vem como um ameaça sem parada. Temos vontade de pará-lo com nossas próprias mãos dizendo “chega, pare por aqui agora”.

Pode chegar no máximo até os 70 anos, passou disso, não avance mais! E acabamos por exteriorizar este medo inconformado de perdê-lo como se a culpa fosse deles!

Estes episódios de esquecimento, limitações físicas e lentidão, fazem parte do processo de envelhecer. Independente se isso é fruto da nossa intensa rotina, eles não merecem sentir nossa angústia.

Eles tiveram seu jeito particular de lidarem com todos os medos que enfrentamos na vida. Nos ensinaram a passar por todos e sermos mais fortes. Nos transformando no que somos hoje.

É justamente agora que eles precisam do nosso amor, cuidado, paciência e generosidade. Os apoiando ao invés de mostrar nossa frustração com o tempo. Leve em conta que também estamos envelhecendo… que tal fazer isso juntos da melhor maneira possível?

Deixe uma resposta