Você Sabe o Que Significa Cada Tipo De Abraço? Conheça Todos Eles

Você Sabe o Que Significa Cada Tipo De Abraço? Conheça Todos Eles

Abraço de urso

Aquele que abraça as curvas de uma pessoa mais baixa, o envolvendo com os braços. O que é abraçado sustenta a cabeça no ombro ou no peito do outro e envolve a cintura de quem abraça.

Abraços de urso são dados entre pais e filhos, avós e netos. Entre amigos e entre casais.

O urso é um animal de poder que reflete segurança, lealdade, proteção, força colocada a serviço do fomento do outro.

Abraço de bochechas 

Mostra ternura e bondade e tem uma qualidade espiritual. Pode ser dado sentado, em pé ou mesmo com uma pessoa sentada e outro em pé, porque não é necessário contato físico.

Este abraço ocorre entre amigos próximos, entre os casais ou com um ente querido. Ambos estão abraçando.

Abraço em A.

As pessoas devem ficar de frente uma para a outra e colocar os braços em volta dos ombros. O lado das cabeças é apoiado no outro e o corpo é inclinado para frente sem contato sob os ombros.

É um abraço clássico e muito apropriado para relacionamentos recentes ou quando um certo grau de formalidade é necessário.

O abraço ocorre apenas com a parte dos braços e ombros, deixando de fora o nosso coração e os nossos genitais.

Abraço sanduíche

Formado por três pessoas, duas delas são colocadas face a face e a terceira, entre as duas. Este abraço proporciona uma sensação de segurança e apoio, sendo ideal para compartilhar com a família (mãe, pai e filho) e entre amigos.

Abraço impetuoso

Geralmente é breve e caracterizado, porque quem abraça corre e joga os braços no corpo do outro. Aquele que é abraçado deve estar preparado para responder ao aperto e ter uma sensação agradável.

Outra maneira de dar esse abraço é quando os dois correm uns para os outros e se abraçam com paixão. Esse abraço é dado quando há pouco tempo disponível, e recomenda-se incluir abraços mais suaves e mais duráveis ​​para não os deixar tensos.

É usado no momento em que queremos desejar sorte a alguém expressar afeição, mas de maneira apressada ou espontânea.

Abraço em grupo

O grupo é colocado em um círculo e os braços envolvem ombros e cinturas. Uma das variantes desse abraço é fechar o círculo em direção ao centro e depois recuar, separando-o com um grito de alegria ou com um aperto de despedida.

Este abraço proporciona qualidade de apoio, segurança e carinho, além de um sentimento de unidade e solidariedade. É ideal entre colegas.

Abraçar de lado

É muito comum dar enquanto duas pessoas caminham juntas. Eles podem ser levados pela cintura ou pelos ombros. Também é caracterizado como um abraço alegre e brincalhão.

É apropriado quando andamos, caminhamos ou esperamos na fila para entrar no cinema ou no teatro. Esse abraço é comum entre o casal, entre pai e filho, mãe e filho, entre irmãos e também quando bons amigos querem conversar.

É uma forma de se manterem juntos, por isso exprime um desejo inconsciente de caminhar na mesma direção e no mesmo ritmo.

Abraço nas costas

Aquele que abraça se aproxima do outro lado por trás, envolve sua cintura com os braços e o segura com generosidade. Este abraço é geralmente breve e divertido e tem um sentimento de felicidade e apoio.

Abraço de coração

É considerada a forma mais alta de abraço. Um contato visual começa enquanto o casal está em pé, frente a frente.

Os braços devem envolver os ombros e as costas e as cabeças se juntam e um contato físico é estabelecido. Os dois devem se concentrar na ternura que flui de um coração para o outro e respirar lentamente. É necessário cancelar possíveis distrações.

Este é um abraço sublime, longo, afetivo, aberto e genuíno. Você pode expressar amor puro e incondicional.

Abraço Zen

Qualquer tipo de abraço pode ser usado. A bochecha e o coração são os mais recomendados. Uma das maneiras de praticar esse abraço é o casal se sentar frente a frente e apoiar os pés com as mãos e os pés.

Não importa se os olhos estão abertos ou fechados, mas a respiração deve ser profunda e rítmica.

O casal deve se concentrar apenas no momento presente e deixar os pensamentos desaparecerem. É necessário tornar-se consciente do que está sendo compartilhado, do contato físico e da energia que está sendo dada um ao outro.

Quanto mais profundo for o relaxamento, melhor será a experiência do abraço. Esse é um abraço que exige muita concentração.

Deixe uma resposta