Você Gostaria De Lembrar De Vidas Passadas? Siga Essas Técnicas Para Conseguir

Você Gostaria De Lembrar De Vidas Passadas? Siga Essas Técnicas Para Conseguir

De acordo com diferentes crenças, as pessoas trazem memórias e experiências de vidas passadas. Essas técnicas ajudarão você a lembrar de algumas delas.

Quase todas as religiões ao longo da história da humanidade têm algo em comum: a crença de que o espírito e a essência de uma pessoa não morrem quando ele deixa de viver o corpo físico.

Enquanto algumas religiões consideram que a alma passa para outro mundo quando o corpo desaparece (o conceito do Paraíso, por exemplo), outros acreditam na reencarnação. Isso quer dizer que nossa alma retorna ao mundo tomando a forma de outro ser.

De acordo com essa crença, cada uma das nossas vidas é um aprendizado, para alcançar algum dia um estado de compreensão absoluta e total entrega ao Universo; momento em que não incorporaríamos mais.

Tendo isso em mente, se você acha que teve vidas passadas, é muito importante fazer exercícios para se conectar com elas. 

As experiências então vividas podem ser a chave para entender não apenas a sua vida atual, mas também o verdadeiro significado do ser.

Existem várias maneiras de se conectar com suas vidas passadas, embora algumas precisem do acompanhamento de um profissional.

Aqui estão dois exercícios simples que você pode fazer em casa e sem a necessidade de companhia, o que pode te aproximar do que aconteceu com você em vidas passadas.

Exercício 1: Relaxamento e meditação

Para qualquer tipo de exercício para lembrar vidas passadas, é necessário que nossa mente esteja clara.

Portanto, em primeiro lugar, você encontrará um lugar confortável, onde você pode desligar as luzes e sentar ou se deitar em uma posição confortável. O espaço tem que estar completamente livre de ruídos e distrações (o celular, é claro, é proibido).

Agora é hora de entrar em um estado de relaxamento. Para isso, você começará se concentrando na respiração, inspirando e expirando profundamente. 

Continue respirando e concentrando toda a sua atenção nisso até sentir sua mente se acalmar e lhe custar menos para manter sua atenção no que você está fazendo aqui e agora.

Quando você sentir que sua mente já está suficientemente clara, comece a imaginar uma luz branca que gradualmente se instala nas diferentes partes do corpo e a purifica das energias negativas.

Então, repita esta frase sete vezes: “Estou cheio de energia protetora que me vigia antes de tudo”.

Finalmente, liberte a mente para que esta viagem comece e veja o que está além. Você ficará surpreso ao descobrir as memórias de vidas passadas que você pode ter sem estar ciente disso.

Exercício 2: lápis e papel

O segundo exercício também tem a ver com meditação, mas neste caso você deve ter uma caneta e um papel por perto, porque você terá que escrever algumas coisas para não esquecer.

Primeiro você deve procurar um lugar calmo e com pouca luz, onde você se sinta confortável. Como no exercício anterior, é essencial que o espaço esteja livre de ruídos e distrações.

Inspire e expire várias vezes, conectando sua atenção com sua respiração.

Agora, comece a explorar esse conhecimento que está dentro de você, mesmo se sentir que não se lembra dele.

A primeira coisa que você tem que fazer é evocar aqueles lugares onde você sente uma estranha familiaridade. 

Não aconteceu com você que em certos lugares, mesmo se é a primeira vez que você está lá, você se sente em casa? Ou pessoas que geram um sentimento semelhante?

Esses fenômenos são geralmente relacionados a experiências vividas em outras vidas. Tome nota de todos esses lugares e pessoas e siga em frente.

Agora, pense no caminho que você percorreu para chegar ao momento presente. O que você tem lutado, o que você sofreu, mas também o que você tem desfrutado, o que você amou.

Como você se sentiu cinco anos atrás? E 10, 15 ou 20 atrás? Você imaginou naquele momento que você poderia chegar onde está hoje?

Enquanto você está pensando sobre essas coisas, vá escrevendo tudo o que surge: palavras, frases, conceitos.

Dedique 20 minutos por dia a esse processo e use as palavras que você escreveu como um guia para ir mais e mais para trás.

Você se lembra de como se sentiu quando era criança? Você se lembra de algum pensamento recorrente que teve nos primeiros anos de sua vida?

Então, pouco a pouco e dia após dia, você pode começar a lembrar as verdades de suas vidas passadas.

Você também pode rever a lista de palavras escritas antes de ir dormir, pois às vezes os sonhos podem ser uma maneira de expressar suas memórias de vidas passadas.

Deixe uma resposta